Professoras fazem carreata para visitar alunos em Capinópolis

Êmily recebe a visita de professoras da Escola Branca de Neve | Foto: Divulgação
Êmily recebe a visita de professoras da Escola Branca de Neve | Foto: Divulgação

A pandemia de Covid-19 vem transformando a rotina do mundo, implementando novos modelos para o sistema econômico, social e educacional. O educacional foi impactado de forma drástica desde o primeiro semestre de 2020. Em Capinópolis, no Triângulo Mineiro, as aulas presenciais foram suspensas em 18 de março.

Com as aulas sendo realizadas de forma on-line, professores e alunos acabaram perdendo o contato presencial, no entanto, professoras do Maternal I integral da Escola Municipal Branca de Neve realizaram nesta semana, uma carreata com o objetivo de visitar os alunos que estão em casa. O alunos estão contam com aulas on-line, devido à pandemia da Covid-19.

Usando EPIs e observando o isolamento social, mataram a saudade dos pequenos.

Outras iniciativas em Capinópolis

Uma matéria publicada pelo Tudo Em Dia recentemente acabou ganhando muita repercussão, onde mostrava que a professora Luciana Malaquias, da Escola Municipal Higino Guerra, usa a criatividade para atrair a atenção dos alunos.

A professora dramatizou a história do livro ‘Chapeuzinho Vermelho’, interpretando todos os personagens. A história foi transmitida via WhatsApp aos alunos e posteriormente, publicada em uma rede social. Assista:

O vídeo acabou chamando a atenção de uma escritora da cidade de Uberlândia, também na região do Triângulo Mineiro.

Andréa Brandão, natural de Passos, Minas Gerais, é autora de dois livros infantis Flavilu, a guardiã do templo sagrado e Flavilu e a aventura acorda Mundo.

Livros autografados foram enviados pela autora à Escola Municipal Higino Guerra.

Incêndio em área florestal causa devastação em Ituiutaba

Vigilante de 39 anos é preso com arma de fogo em Ituiutaba