Operação de enfretamento à Covid-19 desarticula aglomerações em Capinópolis

Cidadãos foram autuados por infringirem o decreto que proíbe o consumo de bebidas alcoólicas em vias públicas. A operação envolveu cerca de 20 profissionais

Capinópolis, Minas Gerais. Uma operação conjunta entre a Polícia Militar de Minas Gerais, Secretaria de Saúde e Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) foi realizada na noite desta sexta-feira (04.set.2020), com o objetivo de desacelerar a curva de contágio da Covid-19.

A operação tática ‘No rastro da onça’, foi realizada em vários bairros da cidade com o objetivo de desarticular as aglomerações e festas domiciliares. Em alguns casos, os fiscais da Secretaria de Saúde lavraram autuações.

Assista:

As equipes realizaram um verdadeiro ‘arrastão’ pela cidade. Muitas pessoas nas portas de casa, algumas, consumindo bebidas alcoólicas, receberam a multa no valor de 50 UFemg — R$ 185,58 na conversão.

Momentos antes da operação, a estratégia de abordagem ficou definida. As equipes se reuniram na unidade do 5º Pelotão da PM de Capinópolis.

As polícias deram suporte aos fiscais durante a operação. Quando algum cidadão demonstrava axaltação com os fiscais, os policiais atuavam para coibir as ações.

Comandante Ricardo e os integrantes de cada equipe, traçam estratégias para coibir as aglomerações
Comandante Ricardo e os integrantes de cada equipe, traçam estratégias para coibir as aglomerações

O delegado da Polícia Civil, Cleiton Viana, destacou os principais pontos da operação.

“No Município de Capinópolis, existem as medidas sanitárias para enfrentamento do coronavírus. O desrespeito à estas medidas sanitárias, constitue uma infração criminal prevista no artigo 268 do código penal. Em parceria com a Polícia Militar e os órgãos de vigilância do município, estamos desencadeando a operação na noite de hoje [04.set.2020], visitando possíveis locais com aglomeração de pessoas. Onde estão sendo constatadas as aglomerações, estas pessoas estão sendo autuadas, multadas e conduzidas”, disse o delegado da Comarca de Capinópolis.

Luciene Ricardo lidera a equipe de fiscais no enfretamento à Covid-19.

“Nós queremos conscientizar a população dos riscos que estamos tendo. Todos nós estamos propícios a contrair o vírus, mas com as aglomerações, com as festividades residenciais, a gente está vendo que este número está crescendo por esta razão”, disse Luciene.

Donos de bares foram abordados, orientados e alguns, autuados
Donos de bares foram abordados, orientados e alguns, autuados

Nos próximos dias, Capinópolis deve oscilar entre a Onda Vermelha e Amarela do Minas Consciente. O comércio ficará aberto por três dias na semana, nos outros dias, apenas as atividades essenciais poderão operar.

O comandante do 5º Pelotão da PM, Subtenente Ricardo, pontuou que novas operações irão em Capinópolis.

“Tivemos na casa de pessoas do bem, mas, que estavam infringindo o decreto municipal relacionado à aglomeração, bebidas em via pública. Tudo isso, a gente conseguiu coibir no dia de hoje com multas, notificações. Operações como esta vão continuar acontecendo em dias e horários alternados. A intenção é frear esta onda descontrolada de aumento nos casos [Covid-19] e cada um fazendo sua parte, eu quero acreditar que logo, logo, a gente vai estar desfrutando de um momento melhor”, pontuou o comandante.

Uso de máscara é obrigatório em vias públicas de Capinópolis

Durante a operação da noite desta sexta-feira, os cidadãos que foram abordados sem máscara, foram orientados sobre a importância do acessório de segurança.

Números da Covid-19 em Capinópolis

A pandemia de Covid-19, causada pelo agente coronavírus SARS-COV-2, vem apresentando indícios de queda no Brasil, no entanto, ainda registra números preocupantes.

O número de infectados pela Covid-19 em Capinópolis já ultrapassa 350 casos. Cinco pacientes já morreram em decorrência da doença.

Capinópolis não conta com Unidade de Terapia Intensiva (UTI). No hospital Faepu, uma unidade semi-intensiva está montada com dois respiradores doados pelo Ministério Público do Estado de Minas Gerais.

Na regional de referência, em Uberlândia, 94% dos leitos de UTI estão ocupados.

Capinópolis registra 349 casos de Covid-19, 209 curados e 5 óbitos

Bombeiros resgatam raposa em residência no Centro de Ituiutaba