Operação para desarticular aglomerações continua em Capinópolis

Policiais Militares e agentes de fiscalização atuaram na operação | Foto: Tudo Em Dia
Policiais Militares e agentes de fiscalização atuaram na operação | Foto: Tudo Em Dia

Capinópolis, Minas Gerais. Mais uma versão operação ‘Rastro da Onça’ foi realizada na noite do último sábado (20.set.2020). A operação envolveu agentes fiscais do comitê de enfrentamento à Covid-19 e a Polícia Militar de Min as Gerais (PMMG).

A operação foi realizada em vários bairros de Capinópolis e também na região rural da Chácara do Neguta. O objetivo da ação é adesarticulação de aglomerações e festas domiciliares. A população foi orientada sobre o uso de máscara, e em alguns casos, os fiscais da Secretaria de Saúde lavraram autuações.

Foto: Divulgação

Reflexo da operação

No dia 01 de agosto, Capinópolis deu início a uma curva acentuada de casos suspeitos de Covid-19, saltando de 69 para 215 casos no dia 30 de agosto.

A primeira versão da operação “Rastro da Onça” foi realizada no dia 04 de setembro, quando Capinópolis tinha 175 casos suspeitos de infecção pela Covid-19. O reflexo da operação foi visível, e o número de casos suspeitos mostrou desaceleração, registrando 100 casos suspeitos no último sábado (20.set.2020).

Segundo boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde, neste domingo (20.set.2020), o número de casos confirmados é de 466 e 97 casos suspeitos. Nenhum paciente está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ou na enfermaria.

Luciene Ricardo | Foto: Arquivo Tudo Em Dia
Luciene Ricardo | Foto: Arquivo Tudo Em Dia

Segundo a agente de fiscalização Luciene Ricardo os resultados foram positivos. “Observamos que as festas diminuiram, isso fez com que os índices de contaminados positivos e suspeitos tivessem queda. A população está entendendo o intuído das nossas ações”, finalizou Luciene.

Novas fases da operação de enfrentamento à Covid-19 serão efetuadas em horários e dias estratégicos.

Editorial

Capinópolis, desde o início da pandemia, vem dando exemplo de enfrentamento às cidades da região, ao contrário de Ituiutaba, a maior cidade do Pontal do Triângulo.

Nas ruas de Ituiutaba, é comum ver pessoas sem máscara e aglomerações em bares — os reflexos destas ações fica claro no número de casos confirmados de Covid-19 no município, que já ultrapassam 3 mil.

Bombeiros salvam pessoa sitiada por fogo em Ituiutaba

Incêndio de grandes proporções atinge área de vegetação em Canápolis