Após chamar candidato a prefeito de Ituiutaba de estelionatário e chiquiteiro, Janones diz que se excedeu

Eleições 2020 — Ituiutaba, Minas Gerais. Em uma live realizada na última quarta-feira (14.out.2020), o deputado federal André Janones (Avante) adotou um tom de ataque contra o candidato Juninho da Jr (Republicanos).

Janones também fez alusão à candidatura de Gabriela Cesquim, no entanto, a ferocidade foi direcionada aos candidatos Juninho e Jorge Carteiro. O deputado, que é o garoto propaganda da candidata Leandra Guedes (Avante), chamou o empresário do setor de venda de automóveis de estelionatário, chiquiteiro — termo popular destinado a quem emite cheques sem fundo.

Assista:

Em uma outra live, realizada neste sábado (17.out.2020), Janones disse que se excedeu. “Me excedi, me excedi, e aqui eu peço desculpas pela maneira que eu coloquei minhas palavras. Não me desculpo pelo que eu falei, e não vou me desculpar”, disse o deputado.

Mesmo estando de lados opostos neste momento da campanha, Juninho e Janones tem um histórico de encontros e afagos mútuos. Tudo registrado em fotos.

O deputado Janones ainda acusou o candidato Juninho de ofertar a ele o comando da prefeitura, com nomeação de todos os cargos, com exceção do de prefeito.

Gastos de campanha

Até este sábado, Leandra Guedes é a candidata que mais gastou com produção audiovisual — R$220 mil com duas empresas. A informação é do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A candidata também é a única a declarar recursos do fundo partidário, R$441 mil, oriundos do partido Avante.

Cristina Garvil (Patriotas) declarou até o momento, R$9.593,30 com serviços de comunicação visual.

Gabriela Cesquim declarou R$13.626,60, grande parte, com serviços gráficos.

Juninho da JR, Marco Antônio (PSL) e Luiz Manoel (PROS) não apresentaram nenhuma despesa até este sábado.

Praça João Moreira de Souza em Capinópolis, Minas Gerais | Foto: Arquivo Tudo Em Dia

Onda Verde: Praça Central em Capinópolis é desinterditada

PM prende homem em Capinópolis que usou auxilio emergencial para traficar drogas