Equipe da NSC TV é agredida em Florianópolis

Uma equipe da NSC, afiliada da Globo em Santa Catarina, foi agredida por banhistas na praia do Campeche, em Florianópolis, na manhã desta segunda-feira (02).

A repórter Barbara Barbosa e o repórter cinematográfico Renato Soder estavam registrando a presença de banhistas na orla, em descumprimento a legislação da cidade, que permite o banho de mar, mas proíbe a permanência na areia.

As imagens mostram que, entre os integrantes do grupo que ameaçou os profissionais, pelo menos dois banhistas tentaram arrancar o equipamento e o celular deles. Quase todos estão sem máscara.

Ataques a jornalistas têm se intensificado no Brasil, o que é muito preocupante. Este é o quarto que ocorre num intervalo de menos de uma semana.

Na última quinta-feira (29), uma equipe da TV Integração foi agredida no município de Prata (região do Triângulo Mineiro) enquanto entrevistava funcionários do Pronto Atendimento de Saúde Municipal (PAM) a respeito de denúncias de moradores sobre as condições do local.

Na mesma semana, Romano dos Anjos, apresentador do programa “Mete Bronca”, da TV Imperial, afiliada da RecordTV em Roraima, foi sequestrado dentro de sua própria casa e encontrado um dia depois, com múltiplas fraturas nos braços e pernas.

E o jornalista Marcelo Cosme, da GloboNews, divulgou que foi vítima de ofensas homofóbicas, racistas e xenofóbicas por meio das redes sociais. O apresentador do Em Pauta publicou as mensagens recebidas de um internauta, ocultando apenas os xingamentos mais pesados.

Fonte: NSC e Uol

Bombeiros encontram corpo de homem que estava desaparecido em Ituiutaba

PM prende suspeito com pedras de crack e maconha em Capinópolis