Caseiro é amarrado e morto em fazenda de Uberaba

Segundo a PM, há suspeitas de que o idoso tenha sido vítima de roubo; residência estava com portas arrombadas.

Uberaba, Minas Gerais. Um idoso, 62 anos, foi encontrado morto em casa, em uma fazenda de Uberaba, na madrugada desta quarta-feira (2). Ele trabalhava como caseiro no local há quatro anos. Segundo a Polícia Militar (PM), ele estava amarrado e com ferimento na cabeça. Além disso, a residência tinha sinais de arrombamento e os móveis estavam revirados.

Conforme a PM, a corporação foi acionada pelo filho, de 33 anos, e pela esposa da vítima, de 50 anos, que estavam preocupados porque o idoso informou na tarde de terça-feira (1º) que estava passando mal e não atendeu mais as ligações.

Ao chegar na fazenda, os militares encontraram a casa da vítima com todas as luzes acesas e o idoso caído no chão com as mãos amarradas para trás e com grande quantidade de sangue na região da cabeça. A residência estava com as portas arrombadas e móveis revirados.

De acordo com a polícia, o idoso teria sido vítima de roubo, já que o celular dele não foi encontrado, nem o salário que ele recebeu na segunda-feira (30). O carro dele foi encontrado na propriedade com uma parta aberta e dentro havia documentos e roupas. Conforme a PM, ainda não fora identificados suspeitos do crime.

Após perícia realizada no local, foi constatado um corte profundo na região da nuca do idoso, com grande edema, o que resultou na perda de sangue. Além disso, foram encontradas marcas de chutes e amostras de digitais nas portas.

blank

MEC determina volta às aulas presenciais do ensino superior a partir de janeiro

blank

Funcionário de indústria em Uberlândia é atingido por fardo e morre