Cleidimar, Jaisson e vereadores tomam posse em Capinópolis

Todos os eleitos nas eleições municipais de 2020 foram empossados. O evento não foi aberto ao público, devido à pandemia de Covid-19.

Medidas de segurança foram tomadas devido à Covid-19
Medidas de segurança foram tomadas devido à Covid-19

Capinópolis, Minas Gerais. Cleidimar Zanotto e Jaisson Souza, ambos filiados ao Partido Socialista Brasileiro (PSB), tomaram posse como prefeito e vice-prefeito nesta sexta-feira (01.jan.2021). Zanotto e o vice-prefeito Jaisson foram reconduzidos ao segundo mandato e estarão à frente do Poder Executivo na legislatura 2021/2024. O evento de posse foi realizado na Câmara Municipal de Capinópolis, e teve início por volta das 17h30.

O evento não foi aberto ao público, como medida de segurança devido à pandemia de Covid-19.

Onze vereadores eleitos em 15 de novembro de 2020, também assumiram o cargo na Câmara Municipal de Capinópolis. Os vereadores serão responsáveis por elaborar e propor leis.

A sessão de posse foi presidida pela vereadora Letícia Bezerra de Souza.

Cleidimar Zanotto e Jaisson Souza durante juramento na tribuna da Câmara Municipal de Capinópolis
(Esq) Cleidimar Zanotto e Jaisson Souza durante juramento na tribuna da Câmara Municipal de Capinópolis

Durante discurso emocionado, o vice-prefeito Jaisson agradeceu ao apoio da família. Jaisson também ressaltou a transparência do governo municipal na legislatura que se encerrou no dia 31 de dezembro de 2020. “Que Capinópolis seja nosso maior objetivo como político. Conduzir essa cidade e dar alegria ao povo de Capinópolis”, destacou.

blank
(Esq) Cleidimar Zanotto e Jaisson Souza

Cleidimar Zanotto frisou o momento difícil vivido pela humanidade, em menção à Covid-19. Ressaltando que a disputa eleitoral chegou ao fim em novembro do ano passado, o prefeito convidou os vereadores para uma gestão em favor de Capinópolis. “Juntos, nós podemos fazer muito mais pelo povo. Quero agradecer a todos que deram um voto de confiança a Cleidimar e Jaisson, vamos retribuir com muito trabalho”.

Cleidimar Zanotto pontuou, ainda, que as contas públicas da gestão 2017/2020 foram quitadas. “Fechamos 2020 com chave de ouro, com todas as nossas despesas pagas, todos os nossos compromissos pagos, ao contrário de quando nós pegamos. Pegamos como muitas dívidas e agora, estamos entregando com tudo equilibrado”, disse.

Os vereadores também realizaram o discurso de posse.

Mais sobre os eleitos

O prefeito Cleidimar Zanotto tem 52 anos, é casado e tem curso superior completo. O vice-prefeito Jaisson Souza tem 43 anos, é casado e tem superior completo.

  • Daniel França, do Solidariedade, tem 26 anos, é casado e tem superior completo.
  • Joãozinho do Sabé, do PTB, tem 42 anos, é solteiro, declara ao TSE a ocupação de vereador e tem ensino fundamental completo.
  • Gilvan Gama, do PTB, tem 62 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de vereador e tem superior completo. 
  • Edwardão, do PSDB, tem 46 anos, é solteiro, declara ao TSE a ocupação de vereador e tem superior completo. 
  • Ronei Alvarenga, do PSB, tem 50 anos, é solteiro e tem ensino fundamental incompleto.
  • Carlinho do Sobado, do PSB, tem 56 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de servidor público municipal e tem ensino médio completo.
  • Letícia da Saúde, do PSB, tem 36 anos, é solteira, declara ao TSE a ocupação de servidora público municipal e tem ensino médio completo.
  • Neto, do PSB, tem 30 anos, é solteiro e tem ensino médio completo. 
  • Josimar Leoncio, do PSB, tem 45 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de comerciante e tem ensino médio completo.
  • Luciano Belchior, do MDB, tem 32 anos, é solteiro, declara ao TSE a ocupação de agricultor e tem ensino médio incompleto.
  • Ivo da Farmacia, do MDB, tem 51 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de comerciário e tem ensino médio completo. 
Vereadores tomaram posse em 01/01/2020 / Foto: Renato Mendes
Vereadores tomaram posse em 01/01/2020 / Foto: Renato Mendes

Assista na íntegra

Cleidimar e Jaisson foram reeleitos em Capinópolis com 87,71% dos votos

O prefeito Cleidimar Zanotto (PSB), 52 anos, foi reeleito no dia 15 de novembro de 2020 com 7.260 votos, alcançando o percentual de 87,71% dos votos válidos. O percentual histórico confirmou a pesquisa do instituto Veritá, publicada em 23 de outubro. A pesquisa registrada sob número TRE/MG 01476/2020, chegou a ser divulgada pelo Tudo Em Dia, que acabou se tornando alvo de ação na Justiça. Após a análise rápida, a Justiça Eleitoral não viu irregularidades na matéria e arquivou o caso, isentando o jornal e o jornalista Paulo Braga de ilicitude.

Denise da Madereira (MDB) teve 887 votos, alcançando 10,72%.

Valdo (PT), teve 130 votos — alcançando 1,57% dos votos. O Partido dos Trabalhadores foi o grande derrotado das eleições e ficou sem um representante no Poder Legislativo após vários anos.

Bruno Covas toma posse na prefeitura de São Paulo

Cientistas falam sobre perspectivas astronômicas para 2021