in

Mirassol-SP volta a vencer e disputa com Floresta-CE título da Série D

Pela primeira vez, em cinco participações na Série D,  o Mirassol-SP vai disputar o título da quarta divisão do Campeonato Brasileiro. O time paulista, que já havia encaminhado a vaga ao golear em casa o Altos-PI no primeiro jogo da semifinal, voltou o Jacaré na tarde deste domingo (24), no estádio Felipe Raulino, o Felipão, em Altos (PI).  A partida de volta foi  transmitida ao vivo na TV Brasil. O adversário na decisão da Série D será o Floresta-CE que derrotou ontem (23), fora de casa, o favorito Novorizontino-SP por 2 a 0. blankblank

De acordo com o cronograma da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), os dois jogos da final – ida e volta – ocorrerão nos próximos domingos (31 de janeiro e 7 de fevereiro). O Floresta-CE fará a partida de ida na Arena Castelão, em Fortaleza, e o Mirassol o último embate no estádio municipal José Maria de Campos Maia, no interior paulista. Os horários dos jogos ainda serão definidos pela CBF.

Esta é a quinta vez que o Leão disputa a Série D. A equipe da cidade de Mirassol (SP) , dirigida pelo técnico Eduardo Baptista, fez uma das melhores campanhas da edição de 2020: terminou a primeira fase na vice-liderança do grupo A e depois, nas fases eliminatórias, superou Caxias-RS, Brasiliense-DF, e Aparecidense-GO.  

Pressionado com a derrota fragorosa no primeiro duelo da semifinal, o time piauiense, comandado pelo técnico Fernando Tonet, tinha a árdua missão de ganhar por, pelo menos, quatro gols de diferença – o resultado levaria a decisão da vaga para os pênaltis. Antes de a bola rolar, jogadores e árbitros fizeram um minuto de silêncio em homenagem às vítimas de covid-19 e aos seis mortos no acidente aéreo, ocorrido na manhã deste domingo (24), que vitimou quatro jogadores e o presidente do Palmas-TO, além do piloto da aeronave

Bola rolando, quem tomou a iniciativa do jogo foram os paulistas. E a pressão logo no início resultou no único gol da partida, aliás, um golaço de Fabrício: após receber o passe da esquerda, o camisa 11 ajeitou a bola antes de chutar por cima do goleiro. O gol do Mirassol despertou o time da casa, que mesmo com dificuldades de encarar a marcação, passou a cruzar a intermediária. As melhores chances do Jacaré foram já nos minutos finais. Aos 37, Ray cruzou e e a bola quase entrou, encobrindo o goleiro Jeffeson. Dois minutos depois, em cobrança de falta, Juninho Arcanjo mandou a bola na grande área e Júnior Campos cabeceou para fora. E já aos 42 minutos, Thiaguinho quase empatou com um chute forte  e certeiro, mas a bola desviou. 

Na volta do intervalo, o Mirassol teve chance clara de ampliar o placar com o lateral Moraes, com um chute cruzado, sem chances para o goleiro Marcelo, mas a bola saiu. Mesmo perdendo de 5 a 0 no placar agregado, o Jacaré não se deu por vencido e, por vezes, ficou perto do empate. Aos 18 minutos, Klenisson se livrou de dois na marcação e tocou para o meia Juninho soltar uma bomba, que passou à direita do goleiro Jefferson. Na sequência, no vacilo da defesa que afastou mal, novamente Juninho teve a chance de igualar, mas chutou por baixo e isolou a bola. O time piauiense teve ainda a seu favor vários escanteios, mas não soube aproveitá-los. Já nos minutos finais, Lucas Silva partiu no contra-ataque e quase ampliou para o Mirassol. Mas o placar terminou mesmo em 1 a 0 para o Leão. Embora derrotado, o Altos-PI já está classificado para a próxima edição da Série C do Brasileirão.