Câmara Municipal de Capinópolis | Foto: Tudo Em Dia
Câmara Municipal de Capinópolis | Foto: Tudo Em Dia

Capinópolis, Minas Gerais. Os parlamentares da Câmara Municipal de Capinópolis aprovaram a indicação 17/2021, para que a Secretaria de Saúde do Município de Capinópolis distribuia kits à população para prevenir a Covid-19.

Na proposta, o kit será formado por Ivermectina, Hidroxicloroquina, Azitromicina, vitaminas D e C, zinco, álcool gel e máscaras.

A proposição foi colocada em votação na última segunda-feira (08.fev.2021), e foi aprovada por 6 votos a 3.

Os vereadores Edward Sales (PSDB) e Carlos Teodoro (PSB), criticaram a proposta.

CCAA Capinópolis

Durante a defesa de sua proposição, Luciano Belchior (MDB), autor da proposta e produtor rural, criticou a vacina contra a Covid-19 e afirmou fazer uso de Ivermectina.

“A maioria dos municípios, ao redor de nós, já adotaram este critério. ‘Ah, Luciano! Mas não é eficaz!’ [disse o vereador se referindo na terceira pessoa] A nossa vacina, que estamos tomando, não é eficaz não gente! É 54 porcento … 58. É um kit prevenção, basta o município adotar e fazer uma prevenção. Eu tomo a Ivermectina de 15 em 15 dias”, afirmou o vereador.

O Tudo Em Dia entrou em contato com a Secretaria de Saúde do Município de Capinópolis e aguarda posicionamento.

A farmacêutica Merck — fabricante da Ivermectina e que adota o nome de MSD no Brasil— disse que dados não apontam eficácia contra covid-19. O pronunciamento ganhou repercussão nacional ao ser publicado pelo jornal Estado de S.Paulo. (Leia).

Em comunicado, a empresa disse que não há evidência significativa de efeito do remédio contra o coronavírus e que há ausência preocupante de dados quanto à segurança da substância nesse contexto.

A Hidroxicloroquina também não teve seus efeitos contra a Covid-19 validados. O medicamento, utilizado contra a malária, tem sido politizado no Brasil.

Ouça o trecho da votação na Câmara Municipal de Capinópolis:

Políticos espalhados pelo Brasil, criticam a vacina contra a Covid-19, no entanto, se colocam como autoridade em saúde para ‘prescrever’ medicamentos sem comprovação científica contra a doença.

Mortes por Covid-19 em Capinópolis

Até esta sexta-feira (12.fev.2021), 17 pessoas já haviam perdido a vida para a Covid-19 em Capinópolis. O número de infectados ativos chegou a 103. Ao todo — 5,9% da população já recebeu o diagnóstico de infecção pelo novo coronavírus.