Indicador de Incerteza da Economia cai pela terceira vez, diz FGV

Digiqole Ad

O Indicador de Incerteza da Economia, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), recuou 9,2 pontos em fevereiro deste ano, para 128,2 pontos.

Essa é a terceira queda consecutiva do indicador, que, apesar disso, está 13 pontos acima do nível de fevereiro de 2020, último mês antes do início das medidas de isolamento social decorrentes da pandemia de covid-19.

Os dois componentes do Indicador de Incerteza recuaram em fevereiro. O componente de mídia, baseado na frequência de notícias com menção à incerteza na mídia, caiu 6,1 pontos, para 122,2 pontos.

O componente de expectativas, baseado nas previsões dos analistas econômicos para os 12 meses seguintes, recuou 18,2 pontos, para 140,5 pontos.

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis

Leia também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida