Homem é preso após confusão e tiros no ‘Vale dos Sonhos’, em Capinópolis

Quatro homens participaram da ação que envolveu ameaças, agressões e uma tentativa de homicídio. Um dos criminosos armados tentou disparar uma arma de fogo por três vezes, mas o revólver falhou em todas as tentativas

Capinópolis, Minas Gerais. Um homem de 26 anos, suspeito de participar de uma tentativa de homicídio em Capinópolis, foi preso pela Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG). O fato ocorreu na noite da última sexta-feira (16.abr.2021), por volta das 20h45 no ‘Vale dos Sonhos’, em Capinópolis.

Segundo informações registradas na ocorrência policial e repassadas ao Tudo Em Dia, uma vítima do sexo masculino, 26 anos, entrou em contato com o destacamento do 5º Pelotão da PM de Capinópolis. O homem relatou que há dois meses, ele, a irmã e o pai estavam em Cachoeira Dourada, quando dois indivíduos chegaram e agrediram seu pai violentamente e fugiram rumo à Capinópolis.

Ainda segundo o homem de 26 anos, ele recebeu uma ligação na noite da última sexta-feira, informando que os dois autores das agressões e outros dois comparsas iriam até sua casa para cobrar uma dívida. Os quatro criminosos chegaram até o local, arrombaram o portão e entraram na casa. Todos que estavam na casa foram agredidos com socos e coronhadas — prosseguiu o relato da vítima.

Um jovem de 22 anos relatou aos policiais que viu o momento que os quatro chegaram à residência. Disse ainda que recebeu uma coronhada de um dos criminosos, que estava com uma arma de fogo, possivelmente, um revólver calibre .32. O pai, 50 anos, ao ver a situação, tentou evitar as agressões, momento que o criminoso tentou disparar várias vezes em sua direção, mas o revólver falhou em todas as tentativas.

O filho da vítima, 26 anos, também entrou em luta corporal com o homem armado e conseguiu desarmá-lo, apontando a arma para o alto e disparando duas vezes. Os quatro envolvidos fugiram.

A Polícia Militar de Minas Gerais acionou um cerco em todas as cidades da região, com o objetivo de prender os envolvidos.

Em diligência no Bairro Florêncio II, os militares avistaram o suposto veículo utilizado na ação criminosa. Os militares fizeram contato com o dono do veículo, um suspeito de 26 anos, que alegou não ter participado da ação criminosa e que estava em uma fazenda com a esposa e havia acabado de chegar.

Diante dos fatos, o suspeito de 26 foi preso. Ele tem passagem pelo sistema judiciário por agressão, tráfico de drogas, lesão corporal e ameaça.

Os outros três envolvidos no caso já foram identificados e estão sendo procurados pela PM. Dois deles tem várias passagens pelo sistema judiciário por tráfico de drogas, lesão corporal, furto e roubo/homicídio.

Segundo a PM, a vítima de 22 anos, que levou uma coronhada, tem passagem policial por roubo tentado e lesão corporal. A vítima de 26 anos tem passagem por porte ilegal de arma branca. A vítima de 50 anos não tem passagens pelo sistema judiciário.

O carro, supostamente utilizado pelos autores durante a ação criminosa, foi apreendido e encaminhado ao pátio credenciado junto ao Detran.