Casarão do fundador de Capinópolis é destruído por incêndio criminoso

Capinópolis, Minas Gerais. O casarão de Jerônimo Maximiano da Silva, fundador de Capinópolis, foi totalmente consumido por um incêndio na madrugada desta quarta-feira (21.abr.2021). O incêndio criminoso teve início por volta das 00h30 e causou um dano irreparável à riqueza cultural do município.

Assista:

Testemunhas afirmaram à Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) que viram um homem, não identificado, ateando fogo ao local e fugindo em seguida. O casarão é alvo de furtos com recorrência. Não havia ninguém no local.

O incêndio foi registrado pelo produtor rural Gerson José de Almeida, de 74 anos. “Não tem jeito de fazer nada aqui, acabou tudo”, lamentou o fato durante a gravação.

Na manhã desta quarta-feira, a destruição do patrimônio ficou evidente. A presidente do Conselho de Patrimônio Histórico de Capinópolis, Júlia Alvarenga, lamentou o fato.

“Tivemos hoje, a triste notícia do incêndio no casarão do fundador de Capinópolis, o senhor Jerônimo Maximiano da Silva. É um fato lamentável, pois é um bem cultural tombado pelo Conselho de Patrimônio Cultural. É realmente muita tristeza, pois tira da nossa história, um fato vivo, registrado e que agora, deixa de existir”, disse.

O casarão foi tombado como patrimônio histórico do Município de Capinópolis em 2010, por meio do Decreto 3.190. O casarão era frequentemente visitado por excursões escolares, que tinham o objetivo de exaltar a cultura e o passado do povo de Capinópolis.

O caso será repassado à Polícia Civil.

Casarão foi totalmente destruído durante o incêndio | Foto: Arquivo/Tudo Em Dia
Casarão foi totalmente destruído durante o incêndio | Foto: Arquivo/Tudo Em Dia
Excursão da Escola Municipal Higino Guerra | Foto: Marina Braga/Historiadora