Ampliado horário de funcionamento de bares e restaurantes em Uberlândia

Odelmo Leão, prefeito de Uberlândia | Foto: reprodução
Odelmo Leão, prefeito de Uberlândia | Foto: reprodução

Uberlândia, Minas Gerais | 04.maio.2021. Algumas medidas restritivas em combate à pandemia de Covid-19 serão flexibilizadas a partir da próxima quinta-feira (06.maio.2021). A decisão foi tomada pelo de Enfrentamento ao Covid-19 no município e publicada por meio de decreto.

Entre as principais medidas, está o estreitamento do toque de recolher, que agora, fica estabelecido das 23h às 5h.

Bares, lanchonetes, pizzarias, restaurantes e sorveterias

Terão horário de funcionamento expandido até 21h de segunda a sexta. Aos sábados, os estabelecimentos poderão permanecer abertos das 11h às 21h e aos domingos das 11h às 16h. As medidas entram em vigor nesta quinta-feira (6).

Supermercados, hipermercados, mercearias, açougues, peixarias, sacolões e lojas de conveniência

De segunda a sexta, estes estabelecimentos poderão funcionar até 21h. Aos sábados, o funcionamento será até 21h e aos domingos até 14h.

Padarias, quitandas e distribuidoras e depósito de bebidas

De segunda a sábado, estes estabelecimentos poderão permanecer abertos até 21h e aos domingos até 18h.

Academias, quadras, campos, centros de treinamento, exclusivamente para práticas esportivas

Horário das 6h às 21h de segunda a sábado. Aos domingos, estes estabelecimentos deverão ficar fechados.

Clubes e parques

Funcionamento de segunda a sábado das 6h às 21h, sendo vedada a abertura aos domingos.

O transporte público

Diariamente das 5h às 22h.

Eventos sociais e corporativos

Limitados à participação de no máximo 50 pessoas, das 6h às 21h, durante toda a semana.

COMÉRCIO

O funcionamento de shoppings foi permitido de segunda a sábado, das 12h às 21h. Aos domingos, os centros de compras deverão ficar fechados. Já o comércio de bairros e do hipercentro da cidade foi autorizado a funcionar de segunda a sábado das 9h às 18h. Aos domingos, o comércio deverá estar fechado. O Comitê poderá, a qualquer momento, de forma extraordinária, promover alterações nas medidas, conforme evolução dos indicadores.