Assassino invade escola e mata crianças e funcinários em Santa Catarina

Após a sequência de ataques que resultaram nas moretes, o assassino tentou se matar cortando o pescoço, mas acabou sendo socorrido e encaminhado ao hospital de Pinhalzinho

blank
Foto: Jornal e Tv a Sua voz

Um jovem invadiu uma escola na manhã desta terça-feira (4) no município de Saudades, no oeste catarinense, e matou ao menos três crianças de menos de dois anos, uma professora e uma funcionária da escola.

Uma criança foi levada para Chapecó e duas professoras foram encaminhada para um hospital de Pinhalzinho. Não há informações sobre o estado de saúde dos feridos.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o suspeito teria entrado com um facão na Escola Infantil Pró-Infância Aquarela e cometido o ataque. Polícia Civil e perícia estão na escola coletando informações. A partir daí, serão levantadas as testemunhas para prestarem.

— Estamos buscando informações para o que tenha motivado esse crime. Ainda não foi possível conversar com o autor, ele está hospitalizado. Não temos a idade dele por enquanto. Muitas informações ainda são preliminares — afirma o delegado regional de Chapecó, Ricardo Nilton Casagrande, que está em deslocamento para Saudades.

Após o ataque, segundo o delegado, o suspeito teria deixado o local caminhando, quando foi abordado por pessoas que estavam próximas a escola. Nesse momento teria tentado contra a própria vida.  

— O que sabemos é que ele entrou (na creche) e começou a agredir todo mundo. Não temos dados concretos e estamos tentando fazer uma análise da situação — afirma o assessor jurídico do município, Luis Fernando Kreutz.

Autor da chacina em Saudades não tem passagem pela polícia

O autor da chacina é um jovem de 18 anos, que não tem passagens pela polícia.

Após a sequência de ataques que resultaram nas moretes, o assassino tentou se matar cortando o pescoço, mas acabou sendo socorrido e encaminhado ao hospital de Pinhalzinho.