Vacinação contra a gripe acontece neste sábado (15) nas UBSs de Betim

Postos ficarão abertos das 8h às 17h e poderão se imunizar público-alvo das 1ª e 2ª etapas
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A Prefeitura de Betim realiza, neste sábado (15), nas 36 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da cidade, o Dia “D” de Vacinação contra a Gripe. Na ação, pessoas contempladas na primeira etapa da campanha que não conseguiram ser imunizadas – profissionais de saúde, crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes e puérperas –, além do grupo contemplado nesta segunda etapa – professores e pessoas com 60 anos ou mais – poderão ser vacinados das 8h às 17h. Ao todo, 43.240 doses foram enviadas pelo Ministério da Saúde ao município, que tem meta de vacinar 90% do público-alvo. 

“Com essa ação, quem não teve ou não tem disponibilidade para ir às UBSs nos dias úteis, terá a oportunidade de garantir a imunização contra o vírus influenza”, salientou o secretário de Saúde de Betim, Augusto Viana. 

Apesar da ação, professores das redes pública e particular e idosos com idade a partir de 60 anos poderão receber, até o dia 8 de junho, a vacina contra a gripe. A imunização continuará ocorrendo de segunda a sexta-feira, nas 36 UBSs, das 8h às 18h. 

Para ser vacinado é necessário apresentar os cartões SUS e de vacinação, além de um documento de identidade com foto. “Desde que passei a fazer parte do público-alvo, todos os anos eu me vacino. Há tempos não fico mais com gripe”, disse a pensionista Edwiges Damasceno, 63, que tomou a dose contra o vírus influenza, na quinta (13). 

Já na terceira etapa da campanha, que acontece entre os dias 9 de junho e 9 de julho, serão vacinadas pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e com outras condições clínicas especiais; pessoas com deficiência permanente; profissionais das forças de segurança, de salvamento e das forças armadas; caminhoneiros; trabalhadores do transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso; profissionais portuários; funcionários do sistema prisional; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos que cumprem medidas socioeducativas; além de detentos.

Dúvidas

Como a vacinação contra a gripe ocorre simultaneamente a imunização contra a Covid-19, uma das principais dúvidas da população é se os imunizantes podem ser tomados no mesmo dia ou em intervalos curtos.

Segundo Viana, é necessário haver um espaço mínimo de 14 dias entre a aplicação das duas vacinas. “Mas as pessoas dos grupos prioritários precisam entender que a gripe pode levar à internação e ao óbito. E, como existe vacina, não podemos permitir que ocorram internações por esses tipos de gripe, já que isso também impacta em um aumento na demanda de leitos na rede”, pontuou o secretário. 

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis

1
2
3
4
5
1
2
3
4
5
1
2
3
4
5

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida