Casal suspeito de esfaquear e carbonizar homem é preso em São Joaquim de Bicas

Homem de 28 anos e mulher de 26 anos tinham vestígios de sangue nas roupas. Suspeito tem passagem por roubo e homicídio
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Um homem e uma mulher de 28 e 26 anos suspeitos de matar e atear fogo em um homem que ainda não foi identificado, na madrugada deste domingo (16), foram presos em São Joaquim de Bicas, na região metropolitana. De acordo com a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros foi acionado para atender a ocorrência de um incêndio em um veículo no local, mas na chegada, o veículo já havia sido completamente consumido pelo incêndio e o corpo do homem estava próximo ao carro

Segundo a sargento Tamires Borges da Polícia Militar, a vítima tinha sinais perfurações com faca pelo corpo. “Os bombeiros não precisaram agir, mas a cerca de 30 metros do carro tinha um corpo carbonizado, mas também com sinais de violência de faca no abdômen. É do sexo masculino, mas a gente não conseguiu fazer a identificação, nem saber a idade dele”, afirma.

Após chegarem ao local, os militares perceberam uma movimentação em uma casa próxima. Ao chamarem pelos moradores, o casal chegou até a porta. Eles estavam com roupas sujas de sangue, mas negaram que tenham assassinato e carbonizado o homem. “Eles alegam que o sangue foi resultado de uma briga entre eles. Eles não confirmam a participação no assassinato. O casal é de São Paulo e o homem tem passagem por roubo e homicídio”, explicou.

Na residência também foi encontrada uma faca que pode ter sido utilizada no crime. A ocorrência foi encerrada na Delegacia de Plantão de Betim.  

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis

1
2
3
4
5
1
2
3
4
5
1
2
3
4
5

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida