Debates, oficinas e palestras integram a Semana Nacional de Museus

Digiqole Ad

Quase um ano após ter parte de seu acervo atingido por um incêndio, o Museu de História Natural e Jardim Botânico da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) consegue afastar o trauma e refletir sobre o ocorrido. A entidade participa da 19ª edição da Semana Nacional de Museus, que começa nesta segunda (17), com minicursos sobre fotografia, arqueologia, plantas medicinais e contação de histórias. Toda a programação é online e gratuita. A lista completa de atividades está disponível em ufmg.br/mhnjb/

No museu da UFMG, o incêndio trágico será debatido logo no primeiro dia das atividades. Reimaginar a instituição museológica após ter parte de sua reserva técnica consumida por labaredas é a missão do encontro, que ocorre às 18h. A organização pretende agregar o exemplo do Museu Nacional, no Rio de Janeiro, na mesma mesa. A entidade carioca também foi destruída por um incêndio em setembro de 2018. A experiência de escavar a área do incêndio no museu mineiro será contada na sexta (21), último dia de programação na UFMG. 

Contação de histórias é o assunto do encontro de terça (18), enquanto no dia seguinte ocorre uma palestra sobre a importância da preservação de plantas medicinais.

A Semana Nacional de Museus é um dos eventos mais tradicionais das artes visuais brasileiras. Organizado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), o evento segue com atividades até o próximo domingo (23). “O Futuro dos Museus: Recuperar e Reimaginar” é o tema da edição atual.

Temática nerd, afro-brasileira e LGBT+

Devido aos tempos de pandemia, as atividades desta Semana Nacional de Museus ocorrem no ambiente virtual, mas não são poucas. Diversas instituições em Minas Gerais elaboraram programação. A extensa lista está em museus.gov.br.

Nos museus públicos sob gestão estadual, a primeira oferta é acompanhar a palestra “O futuro dos museus: recuperar e reimaginar”. A conversa ocorre nesta segunda (17) às 17h em youtube.com/user/culturaemminas. No Circuito Liberdade, a temática nerd centraliza as discussões no MM Gerdau por meio de eventos transmitidos no YouTube do museu na quinta (20) e sexta (21).

Artista que utiliza o bordado como plataforma, Rodrigo Mogiz apresenta seus trabalhos inspirados em vivências LGBT+ na terça, às 19h, no YouTube da Casa Fiat de Cultura. Debate sobre textos de Guimarães Rosa é o destaque na programação do Espaço do Conhecimento UFMG. O evento será exibido na quarta (19) às 19h, em youtube.com/espacoufmg

O Memorial Minas Gerais Vale também preparou farta programação. Questões afro-brasileiras e reflexões sobre a crise nas entidades culturais são algumas das discussões propostas pela instituição museológica. Destaque para a participação do neurocientista Sidarta Ribeiro. Veja a lista completa em memorialvale.com.br

No interior, o Museu Casa Padre Toledo, que integra o Campus Cultural UFMG em Tiradentes, lança visita virtual em seu site na sexta (21), no endereço ufmg.br/campustiradentes. Na mesma semana a entidade promove seminário sobre produção e gestão cultural, oficina de direção teatral, minicurso e debates. Essas ações fazem parte da 9ª edição da Mostra de Artes Cênicas Tiradentes em Cena.

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis

Leia também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida