Prefeituras de Guaxupé e Piumhi decretam toque de recolher

Digiqole Ad

As prefeituras de Guaxupé e Piumhí, ambas no Sul de Minas, publicaram decretos com novas restrições no combate ao coronavírus nas respectivas cidades. Entre as medidas adotadas estão o toque de recolher. As normas em Piumhi já valem a partir deste sábado (22), enquanto o ato de Guaxupé entra em vigor na segunda-feira (24).

 

A restrição e circulação em Piumhi ocorrerá das 0h até as 4h, exceto para profissionais de saúde, casos de urgência, trabalho, saúde e segurança pública. Quem descumprir a norma pode incorrer em crime de desobediência, segundo a prefeitura. De modo geral, o comércio poderá funcionar até 19h na cidade, mas com algumas vedações, como a proibição do consumo de bebidas alcóolicas nas vias públicas e o consumo de alimentos e bebidas nos balcões dos estabelecimentos, além da não utilização de copos de vidro.

 

Ônibus de outros municípios com finalidade turística estão proibidos de acessar a cidade.

 

Já em Guaxupé a restrição para circulação de pessoas será das 20h até as 5h do dia seguinte, salvo para atividades e comportamentos “diretos e comprovadamente relacionados à saúde, assistência social, segurança e setores de alimentos (” delivery”) e deslocamentos dos trabalhadores de seus locais de trabalho para retorno às residências”. Na cidade, estará vedado o consumo no balcão ou em pé em bares e restaurantes, além da proibição de música ao vivo, música mecânica, jogos e televisão.

 

As multas em Guaxupé podem chegar a R$ 9.676 e a suspensão do alvará de funcionamento.

 

Segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES) divulgados neste sábado, a macrorregião Sul de saúde tem média de 86,77% dos leitos de UTI destinados à Covid-19 ocupados. Em Guaxupé, por exemplo, o índice é de 94,12%, enquanto os outros leitos de terapia intensiva estão todos ocupados na cidade.

 

O boletim divulgado nessa sexta-feira pela prefeitura de Piumhi apontava 2.628 casos confirmados na cidade e 58 mortes confirmadas.

 

 

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis

Leia também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida