Polícia procura trio suspeito de ter assassinado produtor musical em Santa Luzia

Digiqole Ad

 Estão foragidos os três homens suspeitos de terem envolvimento na morte do produtor musical Paulo Henrique Garcia Castro – assassinado a tiros, no dia 18 de maio, no passeio da casa em que residia, no bairro Frimisa, em Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte

Segundo a Polícia Civil (PCMG) a câmera de segurança da casa da própria vítima registrou parte do momento em que os vizinhos dele, Luiz Fernando Silva, 52, e seus filhos, Wallace Luiz Duarte Silva, 32, e Wudson Fernando Duarte Silva, 27, cometeram o crime à luz do dia. “As câmeras de segurança registraram parte da execução do crime, porque tinha uma árvore na frente que impossibilitou ver a cena completa do crime. Entretanto, foi flagrado quando um dos homens se aproximou da vítima com um pedaço de pau e os outros dois efetuam disparos que mataram o produtor musical”, descreveu a delegada titular da Delegacia Especializada de Homicídios em Santa Luzia, Adriana das Neves. 

Ainda de acordo com a delegada,  ainda não foi revelado um motivo consistente para o assassinato. No entanto, uma das possibilidades é que os três homens não gostavam da irmã da vítima, devido a opção sexual dela, e tentaram se vingar, matando o produtor musical. “Esta é uma possibilidade. Mas o que sabemos é que o pai e os filhos possuem desavenças com diversos vizinhos. Os três possuem características agressivas e fazem uso de armas para ameaçar os vizinhos”, contou a delegada.   

De acordo com a polícia, os homens nunca foram presos, mas possuem diversas queixas registradas contra eles pôr ameaça. Há relatos que eles já tentaram matar outro vizinho que teve que se mudar da região de Santa Luzia por medo. “É de extrema importância encontrarmos esses homens. Eles são uma ameaça para a sociedade”, enfatizou a delegada Adriana das Neves.  

Quem souber do paradeiro dos homens basta ligar de forma anônima para o 190, ou 197 ou 181. A ligação é gratuita. O atendimento é realizado 24h de domingo a domingo.   

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis

Leia também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida