Estado de MG libera volta às aulas na Onda Vermelha do Minas Consciente

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Estudante em sistema híbrido | Foto: wayhomestudio/FPK
Estudante em sistema híbrido | Foto: wayhomestudio/FPK

O Estado de Minas Gerais autorizou a volta às aulas na rede estadual de ensino durante a Onda Vermelha do programa Minas Consciente. Anúncio foi feito pelo Comitê Extraordinário Covid-19 do Estado de Minas na última quinta-feira (01.jul.2021), e libera as aulas em sistema híbrido a partir do dia 12 deste mês.

A justificativa para a decisão é a redução na incidência da COVID-19 em Minas Gerais, que sofreu uma queda de 22% nos últimos 14 dias e 9% na última semana. O índice de internações teve redução de 22,64%. Ainda segundo o Estado, para autorizar o retorno de forma híbrida foram consideradas a redução dos indicadores epidemiológicos aos níveis registrados em fevereiro deste ano e o monitoramento feito nas instituições de ensino que já retomaram as atividades no dia 21 de junho.

A situação da pandemia de Covid-19 nas regiões Triângulo Sul, Triângulo Norte e Noroeste ainda estabelece que estas localidades permaneçam na Onda Vermelha.

Duas grandes cidades do Triângulo MineiroUberlândia e Uberaba— optaram por se desligarem do programa Minas Consciente, podendo seguir seus próprios programas de combate à Covid-19 e retomada econômica.

Retomada das aulas na rede estadual de ensino em Minas Gerais

Julia Sant´Anna, secretária de Saúde do Estado de Minas Gerais, disse que a rede está formada e preparada para volta às aulas, mesmo na Onda Vermelha. A secretária ressaltou que este retorno só é possível com um check list de que todos os protocolos de segurança contra a COVID-19 serão realizados. 

O planejamento é que a partir do dia 5 de julho as escolas recebam os professores dos primeiros anos do ensino fundamental para acolhimento, formação e reorganização dos espaços, e os estudantes voltem para as aulas presenciais a partir do dia 12 de julho.

Outro anúncio feito pela secretária foi a autorização para que municípios classificados nas ondas Amarela e Verde retomem as atividades presenciais para alunos do 9º ano do ensino fundamental e do 3º ano do ensino médio. As datas de acolhimento dos professores e dos alunos são as mesmas anunciadas para a Onda Vermelha.

Nas duas situações, é necessário que as prefeituras não tenham apresentado nenhuma restrição para a recebimento dos estudantes nas unidades de ensino.

Onda Roxa do Minas Consciente

A volta às aulas de forma presencial não será permitida apenas na onda roxa e nas macrorregiões na onda vermelha que se enquadram na classificação de Cenário Epidemiológico e Assistencial Desfavorável.

Municípios por região

Triângulo do NorteAbadia dos Dourados; Araguari; Araporã; Cachoeira Dourada; Campina Verde; Canápolis; Capinópolis; Cascalho Rico; Centralina; Coromandel; Douradoquara; Estrela do Sul; Grupiara; Gurinhatã; Indianópolis; Ipiaçu; Iraí de Minas; Ituiutaba; Monte Alegre de Minas; Monte Carmelo; Nova Ponte; Patrocínio; Prata; Romaria; Santa Vitória; Tupaciguara. Uberlândia está classificada na mesma fase, mas tem plano próprio de retomada da economia.

Triângulo do SulCampina Verde, Carneirinho, Comendador Gomes, Fronteira, Frutal, Itapagipe, Iturama, Limeira do Oeste, Pirajuba, Planura, São Francisco de Sales, União de Minas, Água Comprida, Campo Florido, Conceição das Alagoas, Conquista, Delta, Uberaba, Veríssimo, Araxá, Campos Altos, Ibiá, Nova Ponte, Pedrinópolis, Perdizes, Pratinha, Sacramento, Santa Juliana e Tapira que deverão seguir as determinações do plano estadual caso não tenham planos próprios, como é o caso de Uberaba.

Macrorregião Noroeste:  Arapuá, Carmo do Paranaíba, Cruzeiro da Fortaleza, Guarda-Mor, Guimarânia, João Pinheiro, Lagamar, Lagoa Formosa, Lagoa Grande, Matutina, Paracatu, Patos de Minas, Presidente Olegário, Rio Paranaíba, Santa Rosa da Serra, São Gonçalo do Abaeté, São Gotardo, Serra do Salitre, Tiros, Varjão de Minas e Vazante.

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis

1
2
3
4
5
1
2
3
4
5
1
2
3
4
5

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida