Capinópolis, Minas Gerais. Por recomendação do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), o Município de Capinópolis revogou o decreto 4887/2021, publicado na última sexta-feira (02.jul.2021). O decreto revogado liberava o comércio de bebidas alcoólicas em Capinópolis de segunda a domingo e estava alinhado ao decreto do Município de Ituiutaba, que representa a microrregião.

Na tarde deste sábado (03.jul.2021), um novo decreto foi assinado pelo prefeito de Capinópolis, Cledimar Zanotto. O decreto volta a restringir o comércio de bebidas alcoólicas aos sábado, domingos e feriados. Fica ainda, proibido o consumo de bebidas alcoólicas em espaços públicos (praças, calçadas, vias públicas, etc), em todos os dias da semana.

Magazine Brasil Líbano Dia dos Pais

“Da nossa parte, estamos tentando flexibilizar aquilo que é possível, para ajudar os comerciantes que estão sofrendo com o impacto das medidas restritivas, mas ao mesmo tempo não podemos deixar de ver o lado da saúde da população, e também a ausência de leitos de ITI em nossa região”, disse o prefeito Cleidimar Zanotto.

Giovani Mafioleti, secretário de Saúde de Capinópolis, ressaltou a ansiedade para retomada das atividades, no entanto, pontuou a necessidade de medidas que promovam a desaceleração da pandemia de Covid-19.

CCAA Capinópolis

“Na publicação de ontem, Capinópolis estava seguindo o último decreto de Ituiutaba, onde estavam previstas algumas flexibilizações. Hoje recebemos uma recomendação do Ministério Público afim de que tal flexibilização não aconteça por ora, em razão da situação epidemiológica e assistencial da microrregião. Estamos ansiosos para retornar à normalidade, mas precisamos adotar medidas que proporcionem saúde para todos”, disse o secretário de Saúde.

Neste sábado, Capinópolis registrou 55 casos ativos de infecções pelo coronavírus sars-cov II — outros 51 casos estão sob investigação. Até o momento, 41 pacientes perderam a vida em decorrência da Covid-19. Cerca de 12,57% da população já testou positivo para Covid-19.

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis
Ouça o podcast do Tudo Em Dia: