Mercearia fica instalada na Rua Belo Horizonte, no Bairro São João
Mercearia fica instalada na Rua Belo Horizonte, no Bairro São João

Capinópolis, Minas Gerais. Uma mercearia instalada na Rua Belo Horizonte, no Bairro São João, foi alvo de assaltantes na noite da última terça-feira (13.jul.2021), por volta das 19h20. Além de roubarem dinheiro, os bandidos atiraram contra um homem de 33 anos durante a fuga.

Dois bandidos chegaram à mercearia e anunciaram o assalto. Dois clientes estavam no local, além do empresário de 59 anos.

Magazine Brasil Líbano Dia dos Pais

Os criminosos ordenaram que todos deitassem no chão, e fecharam a porta do estabelecimento comercial. Um dos assaltantes roubou R$500 e pediu a chave quarto da casa — que fica ao lado da mercearia. O empresário, entretanto, alegou não saber onde estava. Demonstrando saber que algo de valor estava no quarto, o criminoso seguiu até o local e arrombou a porta com um chute, revirando uma cômoda e um guarda-roupas e subtraindo a quantia de R$3 mil que estavam em uma bolsa.

Toda a ação criminosa durou cerca de 15 minutos.

CCAA Capinópolis

Após o roubo, os dois bandidos saíram correndo. Durante a fuga, viram dois homens consumindo bebidas alcoólicas na garagem de residência e ordenaram que entrassem. Após alguns instantes, um dos ladrões se virou e efetuou um disparo de arma de fogo, atingindo um homem de 33 anos abaixo do ombro direito.

A Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) foi acionada e compareceu ao local. O homem baleado foi socorrido ao Pronto Atendimento de Capinópolis, em seguida, encaminhado ao hospital São José em Ituiutaba.

Segundo a PMMG, o homem não corre risco de morte.

Um cerco foi montado na tentativa de prender os bandidos, no entanto, sem sucesso até o momento. Testemunhas informaram à polícia que um dos bandidos é alto, pardo e usava chapéu palha. Ainda segundo versão das testemunhas, o outro envolvido tem estatura mediana e é de cor parda.

Em conversa com a PMMG, o homem alvejado disse acreditar que o disparo não tenha sido direcionado a ele, tendo apenas a infelicidade de ser atingido, já que o autor estava correndo e não mirou.

A Polícia Militar acredita que os bandidos sabiam da rotina do empresário e da mercearia. Grande parte dos consumidores são funcionários de uma usina instalada em Capinópolis e compram a prazo, efetuando o pagamento no início de cada mês. Grande parte dos acertos havia sido efetuada recentemente.

A perícia foi acionada para acompanhar o trabalho da polícia no local do crime. O caso será investigado pela Polícia Civil de Minas Gerais.

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis
Ouça o podcast do Tudo Em Dia: