Deputado Luis Miranda do DEM durante entrevista (Arquivo) | Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado (FP)
Deputado Luis Miranda do DEM durante entrevista (Arquivo) | Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Um estelionatário acabou levando a pior ao tentar aplicar um golpe no deputado Federal Luís Miranda (DEM-DF). Miranda conseguiu um contragolpe no criminoso que tentava roubar R$20 mil, se passando pelo deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ). 

O celular do ex-presidente da Câmara dos Deputados foi hackeado e sua conta no aplicativo Telegram foi utilizada na tentativa de golpe.

Magazine Brasil Líbano Dia dos Pais

Usando o perfil do Telegram de Maia, o ladrão pediu um ‘favor’ ao deputado Luís Miranda. Ele viu que se tratava de um golpe e disse que o banco precisava de R$ 50 para fazer a transferência.

Por causa do pagamento dessa taxa, explicou, só conseguiria transferir o valor na segunda-feira (2). O criminoso que se passava por Maia então se dispôs a pagá-la para liberar a transação e conseguir os seus R$ 20 mil.

CCAA Capinópolis

Logo após receber os R$ 50, Miranda enviou um áudio ao golpista tirando onda: “Bandido, comigo não”.

Ao Painel Miranda explicou que manteve a conversa com o golpista, coletou as informações e repassou a Maia para que ele enviasse aos investigadores.

“Sou muito tranquilo e frio. O cara pediu R$ 20 mil, fui levando ele, dizendo que por causa dos R$ 50 não conseguiria, só na segunda. Estava tentando me livrar dele, aí ele pressionou e mandei depositar. Aí ele depositou”, contou.

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis
Ouça o podcast do Tudo Em Dia: