setembro amarelo
setembro amarelo

Cachoeira Dourada, Minas Gerais. A Escola Estadual João Gonçalves de Oliveira promoveu mais um debate entre direção, professores, alunos e especialista sobre a importância da prevenção ao suicídio. O tema está in voga devido ao Setembro Amarelo — mês escolhido para ampliar as discussões sobre o tema.

Segundo o site setembroamarelo.com, o Brasil registra cerca de 13 mil suicídios todos os anos — no mundo, os casos ultrapassam 1 milhão. Ainda segundo a publicação, mais de 96% dos casos de suicídio estavam ligados à depressão, seguida do transtorno bipolar e abuso de substâncias.

Magazine Brasil Líbano Dia dos Pais

O debate promovido pela Escola João Gonçalves ocorreu na manhã deste sábado (18.set.2021), de forma on-line, devido às restrições proporcionadas pela pandemia de covid-19. Maria Aparecida Ferreira, conhecida como ‘Cidinha’, psicóloga em Cachoeira Dourada, foi a palestrante.

Segundo a psicóloga, o potencial suicida apresenta sinais e 90% dos casos de autoextermínio podem ser evitados com ajuda psicológica. 

CCAA Capinópolis

Questionada pelo jornalista Paulo Braga sobre os principais sinais apresentados pelos adolescentes, a psicóloga destacou que o auto isolamento, alterações extremas no humor e baixa auto estima podem ser sinalizações.

Segundo publicação da TCR Clínica, em geral, os suicidas em potencial adotam ações que não mensuram as consequências, como o uso excessivo de álcool e drogas, direção imprudente e sexo sem proteção. Estes indícios demonstram que a pessoa já não dá a importância devida a própria vida.

Ainda segundo a psicóloga Maria Aparecida, a necessidade dos pais imporem limites aos filhos é algo primordial. Algumas frases podem apresentar um ‘alerta’:

  • Eu preferia estar morto;
  • Eu não posso fazer nada;
  • Eu não aguento mais;
  • Eu sou um perdedor e um peso para outras pessoas;
  • Os outros vão ser mais felizes sem mim. 

Os casos de bullying, principalmente na adolescência, também representam um agravamento no casos de depressão, que podem levar ao suicídio.

Bullying se caracteriza pelos atos de violência contra uma pessoa, seja de forma física e/ou psicológica, como a intimidação, humilhação, xingamentos e agressão física, de uma pessoa ou grupo contra um indivíduo.

Em geral, a ideia de suicídio está ligada a um sentimento de que a pessoa se encontra na pior situação de sua vida. A melhor súbita do humor, com demonstração de felicidade extrema, pode ser um sinal de que a pessoa já aceitou a decisão do autoextermínio. Outro sinal importante é quando o suicida potencial passa a doar seus pertences e efetuar visitas a entes queridos que não tinha contato há algum tempo. 

Caso se encontre diante dos sinais apontados, converse, acompanhe e busque ajuda profissional.

O telefone 188 conta com acolhimento às famílias e pessoas que passam por situações que podem levar ao suicídio.

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis
Ouça o podcast do Tudo Em Dia: