Homem é preso e autuado em quase R$100 mil por filhotes de papagaio e arara em cativeiro

Digiqole Ad
Filhotes foram recuperados pela PMMA | Foto: PMMA/Iturama
Filhotes foram recuperados pela PMMA | Foto: PMMA/Iturama

União de Minas, Minas Gerais. Um homem foi preso pela Polícia Militar de Meio Ambiente (PMMA), neste domingo (19.set.2021), por manter seis filhotes de papagaio e dois filhotes de arara em cativeiro.

A ação está sendo desencadeada pela PMMA de Iturama, que visa evitar a prática ilegal de caça e captura de animais silvestres.

A PMMA efetuou a prisão de um indivíduo. Segundo o Sargento Cleiton, a provável finalidade desses filhotes seria abastecer o comércio clandestino de animais silvestres. 

O autor foi liberado logo após assinatura de Termo Circunstanciado de Ocorrência, se comprometendo a comparecer à Justiça quando intimado.

Além de responder penalmente pelo crime previsto no artigo 29 da lei 9.605/98, o autor também foi autuado administrativamente com multa no valor de R$ 96.430,80.

A policia Militar de Meio Ambiente solicita a todos que denunciem todos os crimes ambientais e principalmente esse, pois, acredita-se que, em função das condições infames de captura e transporte, de cada dez animais retirados da natureza, apenas um consiga sobreviver em cativeiro.

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis

Central de Jornalismo

https://www.tudoemdia.com

Leia também

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida