lagoa do quinca 10
Jotta Soares, Cláudio Scarparo e Eliseu Francelino | Foto: Divulgação

O historiador Cláudio Scarparo Silva, que presta assessoria ao Município de Ipiaçu, esteve visitando a Lagoa do Quinca, na zona rural. Estava acompanhado do encarregado de Esportes Jotta Soares Bezerra Dantas Silva e o morador da cidade Eliseu Francelino de Oliveira. 

A visita teve por objetivo o conhecimento do lugar, como importante para a memória local, e sua atual situação. Os visitantes foram bem recebidos pelo proprietário, seu Joaquim, cujo nome foi dado à lagoa, que é muito lembrada pelos moradores da cidade.

Magazine Brasil Líbano Dia dos Pais

Segundo Scarparo, às margens da lagoa aconteciam festas e encontros familiares, atraídos pelo aconchego do lugar e pela sua beleza paisagística. 

“Muitos carnavais se passaram no lugar”, destacou o historiador.

CCAA Capinópolis

De acordo com Scarparo, o local deve ser preservado por sua importância cultural. “Hoje, devido à pandemia e às restrições das leis ambientais, o uso do local está restrito. A Lagoa do Quinca ainda mantém a sua beleza e tranquilidade. É um bem cultural local, que merece ser preservado e protegido para a conservação e resgate da história local”.

O município de Ipiaçu, através do plano de governo do prefeito Rafael Capanema tem como objetivo, também, promover o resgate e a proteção da história de Ipiaçu, onde tem dado todo o apoio à secretária de Educação Rosely Maurício de Oliveira e ao Conselho Municipal do Patrimônio Cultural de Ipiaçu. 

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis
Ouça o podcast do Tudo Em Dia: