A Polícia Militar (PM) procura um homem de 43 anos suspeito de matar o namorado da ex-mulher a tiros na noite de sexta-feira (24) no mirante Serra da Moeda, em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte. O crime foi presenciado pela filha do ex-casal, de 18 anos, que estava no carro do pai.

Segundo relato da mulher à PM, ela teria se separado do ex-companheiro e autor do crime, com quem manteve união estável por muitos anos, e estava namorando outra pessoa. Na noite de sexta-feira, ela e o namorado teriam ido no carro dela, uma Toyota Hilux, até o mirante Serra da Moeda para namorar. 

Magazine Brasil Líbano Dia dos Pais

Em determinado momento, o ex-companheiro chegou em uma Dodge Ram acompanhado da filha que teve com a ex-mulher. Ele desceu do carro com uma arma na mão e foi em direção à Hilux da vítima, tentando abrir o veículo. Porém, como o carro estava trancado, ele atirou na traseira do automóvel. 

A mulher então disse que tentou fugir mas, como estaria muito nervosa, acabou deixando o carro desligar, momento em que o veículo destrancou e o autor abriu a porta, puxou-a e a jogou no chão. Neste momento, o namorado também saiu da Hilux para defender a mulher, mas o autor reagiu e atirou duas vezes contra o rapaz.

CCAA Capinópolis

Ele caiu de costas, e o autor e a filha do ex-casal fugiram. Já a mulher ligou para o socorro e o namorado dela foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital Biocor, em Nova Lima. No entanto, ele já deu entrada na unidade de saúde sem vida.

Segundo a PM, a perícia não compareceu ao local porque este não havia sido preservado e, também, porque a vítima chegou a ser socorrida. No local, há câmeras de segurança, mas, a princípio, todas estão voltadas ao estabelecimento e ainda não se sabe se alguma registrou o crime.

Em relação ao suspeito do crime, os militares informaram que ele tem registro de uma pistola .380 em seu nome e que foram feitas buscas em endereços onde o autor e a filha poderiam estar, mas eles não foram localizados ainda. 

O caso foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Brumadinho, que deve investigar o crime.

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis
Ouça o podcast do Tudo Em Dia:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui