Tem sido comum antes dos treinamentos no CT Lanna Drumond, Vagner Mancini conversar com o elenco. Nesta semana não foi diferente, e o técnico reforçou a importância do próximo confronto do América para as pretensões no Campeonato Brasileiro.

“Sabemos que tivemos uma sequência difícil, mas tem mais um jogo difícil pela frente, em um estado muito quente. Sabemos da dificuldade que vai ser, é uma equipe que vem fazendo um bom campeonato. Então, a gente tem conversado para manter os pés no chão”, explica o zagueiro, que tem três assistências e um gols em cinco jogos.

Magazine Brasil Líbano Dia dos Pais

Lucas Kal destaca que o discurso no vestiário é para que o América se torne um time chato para os adversários, como foi nos últimos seis jogos, em que acumula a sequência invicta com “A gente quer ser um time chato, e tem se tornado a cada jogo, demonstrando dentro de campo. O Mancini sempre fala sobre nossa coragem de enfrentar qualquer time, marcar em cima, propor o jogo, sair rápido, a gente que isso”, ressaltou.

O foco do Coelho é conquistar os três pontos, que não vieram no primeiro turno, quando Coelho e Dourado empataram sem gols no Horto. “Queremos a vitória e vamos em busca disso. Todo jogo a gente entra para vencer, e sábado não vai ser diferente. A gente quer vencer para se aproximar mais ainda do nosso objetivo, se manter fora da zona de rebaixamento”, ressaltou.

CCAA Capinópolis

Neste momento, o América está na 15ª colocação, com 24 pontos conquistados. Apenas um ponto de diferença para o primeiro time do Z-4, o Bahia, com 23. As equipes são separadas pelo Santos, que tem a mesma pontuação do Coelho.

O América entra em campo neste sábado (2), contra o Cuiabá, às 17h, na Arena Pantanal, no Mato Grosso, em jogo válido pela 23ª rodada.

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis
Ouça o podcast do Tudo Em Dia:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui