Uma médica, de 34 anos, foi atingida por um tiro acidental dentro do hospital Mater Dei, no bairro Santo Agostinho, região Centro-Sul de Belo Horizonte, por volta de 7h desta terça-feira (5). Segundo a unidade de saúde, a arma estava na cintura do acompanhante de um paciente e disparou acidentalmente.

O tiro saiu em direção ao chão, mas os estilhaços atingiram de raspão o tornozelo de uma médica do hospital, que recebeu o atendimento médico. Por nota, o Mater Dei informou que a equipe de segurança da unidade acionou a Polícia Militar para tomar as providências cabíveis. 

Magazine Brasil Líbano Dia dos Pais

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, o homem de 42 anos não tinha autorização para estar com a arma no hospital. Ele disse que pratica tiro esportivo e tem o certificado da arma, porém ele só poderia andar com ela de sua casa até o local onde pratica o tiro. O hospital não condiz com o trajeto, portanto ele não podia estar com a arma na unidade de saúde. 

As câmeras de monitoramento do hospital, mostraram que o homem estava na recepção acompanhando um paciente, quando levou a mão a cintura e, a princípio, de forma acidental, atirou em direção ao chão e posteriomente acertando a médica. Após o ocorrido, o homem deixou o hospital e só retornou 40 minutos depois. Ele disse que foi estacionar o carro.

CCAA Capinópolis

O suspeito foi preso e teve a arma e dois cartuchos, que estavam no carro dele, apreendido. A ocorrência foi para a Delegacia de Plantão II (Deplan II). 
 

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis
Ouça o podcast do Tudo Em Dia:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui