Dois dos jornalistas mais experientes da Globo foram dispensados na semana passada. Alberto Gaspar e Ari Peixoto, que estavam havia 39 e 34 anos respectivamente na emissora, foram comunicados que teriam seus contratos encerrados.

“Em todos os meus outros empregos, a ruptura partiu de mim, sempre por não estar feliz com o que fazia”, comentou Gaspar nas redes sociais. “Nunca foi o caso na Globo. Vivi a maior parte da minha vida nela, fazendo exatamente o que eu aprendi a amar. A rua, a roça, a floresta. E as pessoas, pelo caminho.”

Magazine Brasil Líbano Dia dos Pais

Já Peixoto usou seus perfis para agradecer. “Obrigado a vocês, amigos, conhecidos e anônimos que nunca vi, mas que me emprestam uma força inestimável neste momento”, escreveu. “Toda separação é dolorosa, como um corte na pele, mas com vocês vai cicatrizar rapidamente.”

Eles se juntam a uma lista de profissionais que deixaram a emissora nos últimos anos. Seja por mudanças nos telejornais, por substituição por colegas mais jovens ou por convites para migrarem para outras emissoras, o fato é que diversos rostos conhecidos do público deixaram de ser vistos diariamente nos boletins jornalísticos do canal.

CCAA Capinópolis

São nomes como o do correspondente Luís Fernando Silva Pinto, com 44 anos de trabalhos prestados à emissora, Roberto Paiva, que estava na Globo havia mais de 20 anos, e Fernando Saraiva, com 22 anos na emissora.

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis
Ouça o podcast do Tudo Em Dia:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui