A três anos da Olimpíada de Paris (França), dez atletas brasileiros disputam neste fim de semana o Grand Slam de Judô na capital europeia. A seleção conta com dez atletas que buscam assegurar, pela primeira vez na carreira, a tão sonhada vaga nos Jogos. Além do Brasil, o torneio reúne judocas de 46 países. A medalha de ouro garante dois mil pontos no ranking mundial da Federação Internacional de Judô (IJF, sigla em inglês). As disputas no sábado (15) e domingo (16) serão transmitidas ao vivo no canal do IJF no Youtube – as finais serão sempre ao meio-dia (horário de Brasília).blankblank

“Eu vejo essa competição como o start para o próximo ciclo olímpico e o fato de ser na cidade olímpica me faz sentir mais perto do meu sonho. Sentir as energias de estar lutando um Grand Slam com gostinho de Olimpíada. E uma medalha na cidade olímpica me traria muita alegria de estar dando os primeiros passos rumo a 2024”, disse Ellen Santana (70kg), medalha de bronze em 2019 no Grand Slam de Dusseldorf (Alemanha), em depoimento à Confederação Brasileira de Judô (CBJ).

Na manhã desta quinta (14), os cinco primeiros brasileiros a pisar no tatame no próximo sábado (16) participaram das últimas atividades preparatórias antes da pesagem e estreia: Natasha Ferreira (categoria até 48kg), Jéssica Pereira (57kg), Willian Lima (66kg), Renan Torres (66kg) e David Lima (73kg).

“Estou muito confiante. Paris é uma competição muito tradicional e de nível elevado. Mas, estou preparado e pronto para buscar uma medalha nesse evento. Vai ser muito especial lutar na cidade e no país dos Jogos Olímpicos”, projeta Guilherme Schimidt (81kg), vice-campeão no Grand Prix de Zagreb (Croácia),no último dia 25, a primeira competição do novo ciclo olímpico.  

No último dia 25, Guilherme Schmidt conquistou a medalha de prata no Grand Slam de Dusseldorf (Alemanha), o primeiro do ciclo olímpico para Paris 2024  – CBJ/Divulgação

Guilherme Smith luta no domingo (17), assim como Ellen Santana (70kg), Guilherme Schimidt (81kg), Marcelo Gomes (90kg), Lucas Lima (100kg) e João Marcos Cesarino (+100kg). O sorteio das chaves será nesta sexta (15), às 9h (horário de Brasília). 

Na edição do ao passado do Grand Slam de Paris, o Brasil subiu ao pódio duas vezes: Larissa Pimenta (52kg) e Beatriz Souza (+78kg) conquistaram medalha de bronze.  Sarah Menezes (52kg) e Rafael Silva (+100kg) ficaram em quinto lugar. 

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis
Ouça o podcast do Tudo Em Dia:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui