Jaqueline Mourão concorre à Comissão de Atletas do COI

A mineira Jaqueline Mourão tem até o dia 16 de janeiro de 2022 para confirmar a conquista de uma das duas vagas brasileiras no esqui cross-country dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022 (Pequim). Confirmando a presença na China, ela chegará à oitava...
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A mineira Jaqueline Mourão tem até o dia 16 de janeiro de 2022 para confirmar a conquista de uma das duas vagas brasileiras no esqui cross-country dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022 (Pequim).

Confirmando a presença na China, ela chegará à oitava edição olímpica (entre Jogos de inverno e verão) e superará as marcas do velejador Robert Scheidt, da jogadora de futebol Formiga e do cavaleiro Rodrigo Pessoa, cada um com sete participações.

Mas o evento na capital chinesa, que será disputado em fevereiro de 2022, pode marcar também outra conquista importante para a mineira radicada no Canadá. Indicada pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), ela concorre a uma das duas vagas para a Comissão de Atletas do Comitê Olímpico Internacional (COI) com outros 16 candidatos. “Agradeço o reconhecimento do COB. É uma honra. Acredito que é um reconhecimento aos meus feitos e dedicação ao esporte. Se for escolhida, gostaria muito de poder ajudar a todos, retribuir um pouco daquilo que o esporte me deu e tornar as informações mais acessíveis”, declarou Jaqueline Mourão à Agência Brasil.

Os eleitos entrarão nas vagas do canadense Hayley Wickenheiser, que está terminando seu mandato no final de Pequim 2022, e do norueguês Ole Einar Bjørndalen, que renunciou ao lugar na comissão.

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis

1
2
3
4
5
1
2
3
4
5
1
2
3
4
5

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida