MPRJ vai fiscalizar uso de verba arrecadada em leilão da Cedae

Digiqole Ad

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) criou uma força-tarefa para fiscalizar o uso de cerca de R$ 23 bilhões arrecadados com o leilão da Cedae, em abril deste ano. O dinheiro foi arrecadado pelo estado com a concessão de áreas de fornecimento de água e recolhimento de esgoto que antes pertenciam à companhia estadual.

A criação da força-tarefa foi assinada ontem (17) pelo procurador-geral de Justiça do Rio, Luciano Mattos. A resolução que cria o grupo destaca que é urgente o acompanhamento do uso dos valores obtidos com a outorga dos serviços públicos.

O grupo deve atuar por, pelo menos, seis meses, mas o prazo pode ser prorrogado por quantas vezes o MPRJ considerar necessário.

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis

Leia também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida