Oficina Oswald de Andrade abre exposição sobre violência doméstica

Digiqole Ad

Como parte das celebrações do centenário da Semana de Arte Moderna de 22, a Oficina Cultural Oswald de Andrade, no Bom Retiro, região central de São Paulo, abre na próxima quarta-feira (5) a exposição Violência em Preto e Branco.

A mostra pretende discutir a violência no ambiente doméstico e dialogar com o movimento modernista. “Nunca foi tão urgente e necessário revisitar o lar e rever padrões, pois a violência doméstica no Brasil aumenta de forma exponencial todos os dias, sobretudo após o longo período de isolamento imposto pela pandemia de covid-19, atingindo pessoas da infância à vida adulta, tendo vítimas de todos os gêneros, idades, raças e condições socioeconômicas. O pior, nesse triste contexto, é que a violência foi romantizada, pois, afinal, amor não dói”, disse o artista.

A exposição na Oficina Cultural Oswald de Andrade é resultado de três anos de estudos e laboratórios na Cracolândia, além de bate-papos com vítimas de abuso. As obras foram produzidas com materiais recicláveis. Serão apresentadas esculturas, fotos, gravuras, pinturas, um curta-metragem e também um painel solidário, composto por telas pintadas por crianças da ONG Mundo da Fantasia.

A mostra segue até o dia 5 de fevereiro e a entrada é gratuita. Mais informações podem ser obtidas pelo site.

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis

Leia também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida