Santa Catarina começa a distribuir vacinas pediátricas contra covid-19

O estado de Santa Catarina começou na manhã de hoje (15) a distribuir as doses da primeira remessa de vacinas pediátricas do imunizante contra a covid-19 da Pfizer. O avião com as 39,8 mil doses infantis pousou no aeroporto de Florianópolis ontem (14...
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O estado de Santa Catarina começou na manhã de hoje (15) a distribuir as doses da primeira remessa de vacinas pediátricas do imunizante contra a covid-19 da Pfizer. O avião com as 39,8 mil doses infantis pousou no aeroporto de Florianópolis ontem (14), às 11h50. De lá, as doses seguiram para a Central Estadual de Rede de Frio, em São José, para organização da logística de distribuição para as 17 Unidades Descentralizadas de Vigilância Epidemiológica (UDVEs) das Regionais de Saúde de Santa Catarina.

Segundo o secretário de Saúde de Santa Catarina, André Motta, a vacinação das crianças de 5 a 11 anos de idade é um direito de cada família e um passo importante no combate ao coronavírus. “Precisamos proteger as nossas crianças. Então, a chegada das vacinas para elas é um alento. Precisamos seguir com a vacinação no nosso estado”, disse.

O superintendente de Vigilância em Saúde, Eduardo Macário, reforçou a necessidade de vacinar essa faixa etária. “Proteger esse público é tão importante quanto proteger idosos, adultos e adolescentes do coronavírus. Por isso, a distribuição dessas doses será realizada em até 24 horas para que os municípios deem início à aplicação das vacinas nas crianças o quanto antes”.

Segundo o governo de Santa Catarina, a vacinação de crianças de 5 a 11 anos ocorrerá simultaneamente em dois grupos, sendo o primeiro formado por crianças com deficiência permanente (física, mental, intelectual ou sensorial); portadoras de comorbidades; indígenas; quilombolas; e que vivem em abrigos e em lares com pessoas com alto risco para evolução grave de covid-19. O segundo será das demais crianças e deve ocorrer por faixa etária, da maior para a menor idade. Sendo assim, crianças com 11 anos serão as primeiras vacinadas.

De acordo com a nota do governo estadual de Santa Catarina, as doses serão distribuídas aos municípios de forma proporcional, segundo estimativa populacional do IBGE 2020 que é de 642.800 crianças nessa faixa etária.

A população indígena será contemplada já nessa primeira remessa com 100% das doses necessárias para a imunização de todas as crianças de 5 a 11 anos. “Crianças indígenas serão vacinadas pelas áreas que atendem esse grupo. Para as demais crianças, os municípios devem organizar as estratégias de vacinação no seu território, de forma a atender simultaneamente o grupo prioritário e o grupo por faixa etária”, informa a nota.

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis

1
2
3
4
5
1
2
3
4
5
1
2
3
4
5

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida