Escritor Olavo de Carvalho, guru do bolsonarismo, morre aos 74 anos

Digiqole Ad
Olavo de Carvalho | Foto: reprodução
Olavo de Carvalho | Foto: reprodução

O escritor Olavo Luiz Pimentel de Carvalho, 74 anos, guru do bolsonarismo, conhecido apenas como Olavo de Carvalho, morreu na última segunda-feira (24.jan.2022). A informação foi divulgada pela família do escritor em uma rede social, já na madrugada desta terça-feira (25.jan.2022).

Olavo de Carvalho havia sido diagnosticado com covid-19 no dia 15 de janeiro e estava internado em um hospital de Richmond, na Virgínia. O escritor morava nos Estados Unidos desde 2005.

 Ele deixa a esposa, Roxane, 8 filhos e 18 netos.

Projeção de pautas ideológicas

Natural de Campinas, no interior do estado de São Paulo, Olavo Luiz Pimentel de Carvalho ganhou projeção ao publicar vídeos e livros rejeitando as pautas associadas às militâncias de esquerda. Com sua ideologia, acabou tornando-se o “guru” do conservadorismo e da extrema direita nas redes.

 Olavo se considerava professor de filosofia, foi um dos grandes aliados ideológicos do presidente Jair Bolsonaro nas eleições de 2018.

Rompimento com Bolsonaro

Olavo rompeu com Bolsonaro em meados de 2020, quando publicou um vídeo direcionando críticas e xingamentos ao governo. O escritor dizia estar decepcionado com o presidente por considerar ter sido usado por ele como uma espécie de “garoto propaganda”. Em dezembro do ano passado, comentando a possibilidade de reeleição do mandatário este ano, Olavo afirmou que a “briga já está perdida”.

Negacionismo

Olavo de Carvalho teve uma postagem do Twitter deletada pela rede social em janeiro de 2021, sobretudo, por apresentar conteúdo negacionista sobre a pandemia de covid-19.

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis

Central de Jornalismo

https://www.tudoemdia.com

Leia também

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida