Ituiutaba: bombeiros contém incêndio em veículo no Santa Maria

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Na tarde da última segunda-feira, 01.fev.2022, o 2º Pelotão de Bombeiros Militar de Ituiutaba foi acionado para apagar um incêndio em veículo na rua Vinte, no bairro Santa Maria.

Prontamente os militares deslocaram para o local e encontraram o veículo já sem chamas, que foram apagadas pelos vizinhos da ocorrência. Ninguém se feriu na ocorrência.

De acordo com o motorista, o mesmo percebeu uma fumaça saindo do capô do carro, momento em que parou o veículo e abriu o capô. Nesse momento, as chamas se alastraram, iniciando o incêndio.

O Corpo de Bombeiros relata que esse é um procedimento incorreto, e que pode colocar em perigo a vida de quem faz esse procedimento, devido ao risco de explosão ao injetar oxigênio em um incêndio.

Os Bombeiros ainda orientam a população para o procedimento correto em caso de incêndio em veículo:

As principais causas de um incêndio veicular são na parte elétrica ou alimentação de combustível no motor.

Ao perceber fumaça saindo do veículo, o condutor deve primeiramente parar o carro em um local seguro, desligar o veículo e acionar o freio de estacionamento.

Pegar o extintor de incêndio que normalmente encontra-se embaixo do banco do motorista e caminhar para a frente do veículo.

Atentar para a cor da fumaça: Se clara, pode ser falta de água no radiador ou problema na bomba d’água, não havendo fogo. Se a fumaça for escura, possivelmente se trata de um incêndio.

Imediatamente ligar 193 e acionar o Corpo de Bombeiros.

Após solicitar o apoio dos Bombeiros, iniciar o procedimento de extinção de princípio de incêndio.

Abrir o capô do carro apenas alguns centímetros, o suficiente para aplicar um jato de extintor por toda a extensão da área do motor, tomando conta do ambiente e eliminando os gases combustíveis.

Após esse jato inicial, o capô deve ser aberto lentamente, visualizando o foco de incêndio, fazendo a aplicação direta na base do fogo.

O capô não deve ser aberto completamente e rapidamente, pois assim irá abastecer o incêndio com oxigênio, podendo causar uma explosão.

Finalizada as chamas no veículo, deve desconectar os cabos da bateria do veículo para evitar reignição.

O Corpo de Bombeiros lembra a população que a prevenção é a melhor ação, e que o incêndio veicular pode ser prevenido mantendo a manutenção do veículo em dia.

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida