Furnas abre inscrições para Curso Cuidador destinado a refugiados

Digiqole Ad

A empresa Furnas Centrais Elétricas abriu inscrições gratuitas para o Curso Cuidador, promovido em parceria com o Centro Brasileiro de Cooperação Intercâmbio de Serviços Sociais (CBCISS). Com o apoio do Programa de Atendimento a Refugiados e Solicitantes de Refúgio (Pares), da Cáritas e do Centro de Apoio aos Refugiados, a turma vai receber exclusivamente refugiados que vivem no Rio de Janeiro. As inscrições estão abertas até o dia 4 de março, e os selecionados serão anunciados no dia 10 de março.

O Curso Cuidador é uma iniciativa da área social de Furnas e existe há mais de 20 anos. Mais de 3 mil pessoas já foram capacitadas nesse período. Inteiramente gratuito, o curso possibilita aos participantes as qualificações técnicas necessárias para atuar no campo do atendimento humanizado e especializado do Cuidado, envolvendo cuidados com idosos, crianças e pessoas com deficiência que apresentam limitações no dia a dia.

O gerente de Responsabilidade Social, Marca e Reputação de Furnas, Marcos Machado, informou que já foram obtidos resultados significativos com o curso nas duas últimas décadas, contribuindo para a qualificação profissional das pessoas e promovendo o bem-estar de quem precisa. “Vale reforçar que, apesar desta turma ser exclusiva para refugiados, também temos em andamento outras turmas para brasileiros”, disse.

Podem se inscrever na turma de refugiados maiores de 18 anos de idade que possuam escolaridade mínima do ensino fundamental, documento ou protocolo de refugiado, disponibilidade para as aulas presenciais, falar e compreender a língua portuguesa e estar vacinado contra a covid-19

O curso tem duração de dois meses e contará com aulas teóricas e práticas, totalizando 160 horas. Na programação, serão abordados diferentes assuntos, entre os quais o Guia Prático do Cuidador, cuidado com o corpo e valorização dos sentidos, interações sociais, família, violência e maus tratos. O aluno só receberá o certificado de conclusão se tiver 75% de frequência.

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis

Leia também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida