Mãe acusada de matar o próprio filho de 1 ano é julgada em BH

Digiqole Ad

A acusada de ter espancado e matado o próprio filho de 1 anos e 8 meses até a morte está sendo julgada no Fórum Lafayette, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, nesta segunda-feira (2). Dayse Amâncio dos Reis já respondeu alguns questionamentos e prossegue à disposição do júri.

O crime bárbaro aconteceu enquanto Nathan Henrique Amâncio de Oliveira dormia e foi registrado no bairro Parque São João, em Belo Horizonte, em janeiro de 2014. A criança foi agredida na região abdominal e teve diversas lesões. 

Segundo as investigações da polícia, a mãe agrediu o filho pela insatisfação do ex-marido, pai do garoto, não pagar pensão alimentícia. O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) apresentou denúncia contra a suspeita.

Testemunhas, de acordo com a assessoria do Fórum Lafayette, já foram ouvidas pelo júri formado por quatro homens e três mulheres. Dayse também respondeu algumas perguntas dos jurados. A acusação foi iniciada pelo promotor às 11h30. O julgamento teve uma pausa para o almoço e será retomado. 

Contradições

Na época do crime, Dayse negou as agressões contra o filho, no entanto, entrava em contradições. Ela chegou a dizer que Nathan tinha engasgado e depois supôs que ele poderia ter se machucado enquanto ela tentava reanimá-lo. O delegado Alexandre Oliveria Fonseca, responsável pelas investigações chegou a descrever a personalidade da suspeita como fria e seca.

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis

Leia também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida