Uberlândia: PM mata homem que ‘brincava’ usando máscara de palhaço e arma de brinquedo

Digiqole Ad
A PM apreendeu a réplica da arma e a máscara utilizada na'brincadeira' | Foto: PMMG
A PM apreendeu a réplica da arma e a máscara utilizada na ‘brincadeira’ | Foto: PMMG

Uberlândia, Minas Gerais. Um homem de 47 anos foi morto a tiros pela Polícia Militar (PM) de Uberlândia na madrugada desta segunda-feira (02.mai.22). O homem usava máscara de palhaço e portava uma réplica de pistola. O fato ocorreu no Bairro Tibery.

A PM efetuava patrulhamento pelo Tibery, em uma região que os militares chamam de “zona quente de criminalidade”. Em dado momento, os militares viram o indivíduo com a máscara de palhaço apontando uma arma para duas pessoas sentadas.

Os policiais pensaram que era um roubo e o abordaram para que largasse a arma. Contudo, segundo a PM, ele virou a arma na direção da corporação. Para proteger a corporação, um dos policiais acabou atirando contra o fantasiado, que caiu no chão.

O homem foi levado até o Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), no entanto, não resistiu ao ferimento e veio a óbito.

Dois caminhoneiros, que eram os ‘alvos’ do assalto, disseram que a pessoa morta não realizou abordagem para roubá-los, mas sim com a intenção de fazer uma brincadeira, pois eram conhecidos.

O homem que ‘brincava’ de assalto tem várias passagens pelo sistema judiciário. O tenente Paulo José de Azevedo disse que o homem era conhecido pela população e pela PM. “Temos mais de 24 registros envolvendo ele, sendo que desses 11 são como autor”.

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis

Central de Jornalismo

https://www.tudoemdia.com

Leia também

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida