Gabriel Sater se emociona em duelo de viola com pai em Pantanal: ‘Especial’

Digiqole Ad
(Esq) Almir Sater e o filho Gabriel Sater | Foto: TV Globo/montagem Tudo Em Dia
(Esq) Almir Sater e o filho Gabriel Sater | Foto: TV Globo/montagem Tudo Em Dia

Pai e filho, Almir e Gabriel Sater contracenaram pela primeira vez como Eugênio e Trindade em Pantanal no capítulo de segunda-feira (9). Os personagens fizeram um duelo durante uma roda de viola na fazenda de José Leôncio (Marcos Palmeira). “Dividir as cenas com meu pai com certeza é um dos momentos mais especiais da novela”, afirmou o intérprete do peão.

“E representando um papel que um dia foi dele! Forte emoção e grande responsabilidade”, afirmou o ator em uma publicação no Instagram. Na versão original da novela exibida em 1990, Almir foi o responsável por viver Xeréu Trindade.

No remake da Globo, Tibério (Guito) convidou o recém-chegado para uma roda de viola. O boiadeiro que afirma ter um pacto com o diabo, então, protagonizou um embate musical com o chalaneiro com intensas trocas de olhares. A cena entre pai e filho repercutiu nas redes sociais e emocionou o público.

“Quando eu soube que seria o Gabriel quem faria o Trindade, fiquei muito feliz. O Bruno [Luperi] criou uns enfrentamentos do Trindade com o Eugênio, enfrentamentos musicais”, celebrou Almir Sater em entrevista ao Gshow.

“Eu falei para o meu filho, não vou dar moleza, hein. Meu filho toca bem, toca violão erudito. Há uns anos começou a estudar viola. É um cara que se dedica muito. Eu espero que seja tão bom para ele quanto foi para mim, o personagem Trindade”, elogiou o veterano.

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis

Central de Jornalismo

https://www.tudoemdia.com

Leia também

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida