Uberlândia: suspeitos de matar homem no Bairro Novo Mundo são presos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Imóvel onde a vítima foi morta pelos 3 suspeitos — Foto: Polícia Civil/Divulgação
Imóvel onde a vítima foi morta pelos 3 suspeitos — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Três suspeitos de matar a tiros João Batista de Oliveira Bastos, de 58 anos, no Bairro Novo Mundo, em Uberlândia, foram presos pela Polícia Civil esta semana. O homicídio foi registrado no dia 22 de março, na oficina da vítima, localizada na Avenida Segismundo Pereira. Relembre abaixo.

Foram presos um jovem de 29 anos e 2 homens, de 36, que mantinham parceria de serviços na oficina. Eles são suspeitos de planejar e executar o crime.

Investigação
De acordo com a Polícia Civil, o jovem foi o responsável por avisar os demais suspeitos quando ela chegasse até o galpão. Já um dos homens levou o outro envolvido até o local para realizar os disparos.

Segundo a investigação, o crime era planejado desde o fim de 2021 devido a desavenças com o proprietário do galpão por negócios relacionados à prestação de serviços na oficina e a negociação de um imóvel. Em março de 2022, João Batista matou os cães de um dos suspeitos, alegando que os animais estavam comendo as galinhas dele. “Tão logo a vítima veio a falecer, o autor foi retirado do local”, disse o delegado.

O jovem chegou a ser preso em flagrante no dia do crime, mas decisão judicial retirou o flagrante, libertando ele. Ainda conforme Brandão, os 3 envolvidos participaram diretamente no homicídio dividindo as ações

“As nossas investigações continuam, pois queremos detalhar a participação de cada um, bem como o modus operandi, toda a mecânica e os reais motivos que levaram ao homicídio”, concluiu.

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis

1
2
3
4
5
1
2
3
4
5
1
2
3
4
5

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida