Araguari: mãe e padrasto são presos por suspeita de torturar filho com pimenta no pênis e fio de energia

Ambos os suspeitos detidos tem 19 anos

Menino era agredido com fio de energia
Menino era agredido com fio de energia e teve pimenta aplicada no pênis

Araguari, Minas Gerais. A mãe e o padrasto de um menino de 4 anos foram presos por suspeita de torturar a criança em Araguari. Ambos os suspeitos tem 19 anos, e foram presos depois de cumprimento de mandados de prisão na última sexta-feira (24.jun.22)

De acordo com informações da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), o padrasto chegou a passar pimenta no pênis do menino, além de agredi-lo com um pedaço de fio de energia elétrica.

O menino foi encontrado com lesões no rosto, cabeça, pernas e costas.

A PCMG chegou aos suspeitos depois de denúncias do Conselho Tutelar.

A mãe também foi presa por suspeita de tortura, pelo fato de ser conveniente com as agressões.

A criança foi entregue em segurança para outros familiares, enquanto os dois envolvidos foram presos. As investigações seguem para apurar mais informações.

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis