Araguari: mãe e padrasto são presos por suspeita de torturar filho com pimenta no pênis e fio de energia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Ambos os suspeitos detidos tem 19 anos

Menino era agredido com fio de energia
Menino era agredido com fio de energia e teve pimenta aplicada no pênis

Araguari, Minas Gerais. A mãe e o padrasto de um menino de 4 anos foram presos por suspeita de torturar a criança em Araguari. Ambos os suspeitos tem 19 anos, e foram presos depois de cumprimento de mandados de prisão na última sexta-feira (24.jun.22)

De acordo com informações da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), o padrasto chegou a passar pimenta no pênis do menino, além de agredi-lo com um pedaço de fio de energia elétrica.

O menino foi encontrado com lesões no rosto, cabeça, pernas e costas.

A PCMG chegou aos suspeitos depois de denúncias do Conselho Tutelar.

A mãe também foi presa por suspeita de tortura, pelo fato de ser conveniente com as agressões.

A criança foi entregue em segurança para outros familiares, enquanto os dois envolvidos foram presos. As investigações seguem para apurar mais informações.

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida