Capinópolis: casos ativos de covid-19 batem recorde. Lar de idosos tem 13 infectados

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Abrigo Frederico Ozanan | Foto: Paulo Braga
Abrigo Frederico Ozanan | Foto: Paulo Braga

Capinópolis, Minas Gerais. O número de casos ativos de covid-19 atingiu um novo recorde neste sábado (22.jan.2022), registrando 365 infecções ativas. Este é o maior índice de casos ativos desde o início da pandemia em 2020.

O boletim epidemiológico deste sábado aponta que três pacientes estão internados na enfermaria e 1 paciente na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

O recorde de casos ativos da doença era de 2021, onde 267 casos ativos haviam sido registrados — a triste marca foi superada na última quinta-feira (20), com 307 casos ativos. 

No início de 2022, a expectativa do secretário de Saúde do município de Capinópolis, Giovani Mafioleti, era que surgissem 400 novos casos da doença no primeiro mês do ano — a expectativa do secretário já foi superada e o número de novos casos em janeiro já chegou a 465.

O Abrigo Frederico Ozanan, mantido pela Sociedade São Vicente de Paulo, conta com 13 pessoas infectadas pelo coronavírus — 11 idosos e 2 funcionários. A informação foi confirmada pelo diretor administrativo Gilmar Silveira, que apontou que novos testes serão efetuados nos idosos na próxima semana. 

“Onze internos e dois servidores apresentam sintomas gripais leves, testaram positivo [para covid-19]. Hoje, passam bem”, disse o diretor administrativo, que também confirmou que os idosos receberam a dose de reforço da vacina contra a covid-19.

A instituição emitiu nota oficial na última sexta-feira (21). Confira:

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida