Capinópolis: novos integrantes do projeto ‘Jovem Aprendiz’ iniciaram atividades na usina CRV Industrial

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Jovens aprendizes iniciaram atividades na CRV Industrial
Jovens aprendizes iniciaram atividades na CRV Industrial

Capinópolis, Minas Gerais. Quinze novos integrantes do projeto ‘Jovem Aprendiz’, da usina CRV Industrial, iniciaram suas atividades nesta terça-feira (08.fev.2022). Os aprendizes terão 1 ano para aprender as atividades da empresa — nas áreas administrativa e burocrática—, e apresentar resultados que possam levar à efetivação.

Ao todo, 9 jovens que ingressaram como aprendizes em 2021, já foram efetivados na usina CRV Industrial. Os efetivados integram os departamentos de Recursos Humanos, Medicina e Segurança do Trabalho, Financeiro, Controladoria e atividades na indústria.

Segundo a coordenadora de Recursos Humanos, Michelle Pereira, o projeto é — “uma porta que se abre para esses jovens. Nossa ideia é oportunizar à sociedade, promissores profissionais”.

O recrutamento dos jovens foi efetuado pelo Centro Educacional Tecnológico de Capinópolis (CETEC). Ao todo, 101 jovens apresentaram interesse em participar do projeto da CRV Industrial. Ao todo, 31 jovens conseguiram avançar pelas etapas de prova, entrevista e Neuropsicopedagogica.

Segundo a coordenadora do CETEC, Sueli Bizinotto, “o ciclo de trabalho dos jovens aprendizes é de 1 ano. Eles iniciaram as atividades pela plataforma da Renapsi no dia 03, e hoje começaram suas atividades práticas”.

Os jovens aprendizes têm idade entre 18 e 21 anos. Atuarão de segunda à quinta-feira na unidade da CRV Industrial e terão aulas teóricas na sexta-feira.Em 2021, o primeiro grupo a integrar o projeto realizou uma importante ação contra o cyberbullying e o suicídio. Reveja algumas imagens:

2021 — Segunda safra realizada com sucesso

A CRV Industrial finalizou a segunda safra da sua história com o lema: SuperAção – a união é a nossa energia. A unidade mineira moeu mais de 1 milhão de toneladas de cana-de-açúcar, produzindo açúcar, bioeletricidade e etanol hidratado, que é encontrado dos postos de combustíveis.

A fabricação foi superior à primeira safra, com a produção de 57.744.331 litros de etanol, 1.001.985 sacos de açúcar. A usina também gerou 26.126.493,00 kilowatts (kW) de energia a partir de biomassa.

CRV Industrial Capinópolis é certificada internacionalmente

Em apenas duas safras – nos anos 2020 e 2021 -, a usina já conta com três importantes certificações, todas conquistadas em 2021. Em março, recebeu o RenovaBio – Política Nacional de Biocombustíveis – que tem como objetivo a redução de emissões de gases de efeito estufa (GEE), sendo assim, emissora de créditos de descabornização. Portanto, nesta safra a unidade disponibilizou para comercialização um total 27.895 Cbios, como são chamados os títulos.

Já em julho, a usina recebeu a certificação FSSC22000, que engloba a ISO 22000:2018 e ISO/TS 22002-1, que são importantes e reconhecidas normas internacionais que garantem a qualidade na produção de açúcar, otimizando os processos e desenvolvendo os colaboradores. Para que o selo fosse conquistado, foi necessário cumprir uma série de requisitos de qualidade em todas as fases da produção sucroenergética.

Geração de empregos e renda

Nos últimos anos, a CRV Industrial foi a responsável por proporcionar o aumento no índice de postos de trabalho nas cidades mineiras de Ipiaçu e Capinópolis.

Em 2019, o Tudo Em Dia produziu uma reportagem onde apontava o potencial da usina sucroenergética na geração de emprego e renda. 

Reveja:

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida