Capinópolis: Escola Governador Juscelino celebra 69 anos com festa e jogos interclasse

Escola Governador Juscelino celebrou 69 anos de atividades | Imagens: Paulo Braga / Daniel Braga / Tudo Em Dia Produções
Escola Governador Juscelino celebrou 69 anos de atividades | Imagens: Paulo Braga / Daniel Braga / Tudo Em Dia Produções

Capinópolis, Minas Gerais. A Escola Governador Juscelino celebrou 69 anos de atividades em Capinópolis. A festa tomou conta da Praça João Moreira de Souza neste sábado (27.ago.22). O público presente suou a camisa com a animada atividade da professora Leila.

Assista:

Além de boa música, houve sorteio de brindes aos profissionais aposentados. Atividades recreativas também foram ministradas na Avenida 109.

A comemoração envolveu profissionais que já passaram pela escola, atuais colaboradores e estudantes. 

Foram homenageadas:

Outros profissionais que passaram pela escola também foram convidados para o evento.

Diretores da escola ao longo dos anos

  • Lecioni Pereira,
  • Marilzinha Parreira,
  • Dona Rita,
  • Vorlei Maria,
  • Lázara,
  • Sirlene,
  • Ana Lúcia, 
  • Marta Bonifácio, 
  • Célida, 
  • Sônia Lima;
  • Luzia Guadalupe;
  • Sirlene Reis;
  • Dona Rita – cozinheira.
  • 1a diretora: Onice Alves Garcia – 1953 a 1963;
  • 2a diretora: Maria Helena F. Felippe- 1964 a 1976;
  • 3a diretora: Cléria Garjan- 1976 a 1983;
  • 4a diretora: Maria Zélia Cruz – 1983 a 1990;
  • 5a diretora: Ildeni Marilza de O. Santos- 1990 a 2000;
  • 6o diretor: Idelfonso Francisco Barbosa- 2000 a 2010;
  • 7a diretora: Juliene Francisca da S. Rodrigues- 2010 a 2012;
  • 8o diretor: Fausto Fábio de Araújo-  2012 a 2017;
  • 9a diretora: Adriana Beatriz C. Moreira – 2017 a 2019;
  • Diretor atual: Wesley Soares Merêncio.

Márcia Fontoura, vice-diretora, ressaltou a importância da escola para Capinópolis. “Espero que a nossa escola cresça ainda mais, que a equipe esteja unida ainda mais. E que a gente possa trabalhar na formação integral dos alunos e das alunas para que eles sejam cidadãos de bem”.

O evento também marcou o início dos jogos interclasse. Estão sendo disputados jogos de queimada, futebol, corrida.

Lecioni Pereira, que passou grande parte da carreira de professora na Escola Juscelino, disse que sua vida é ensinar. Questionada sobre os estigmas que a escola tinha no passado, a professora aposentada respondeu — ” A escola Juscelino sempre foi inclusiva, então é essa a lógica dali. E eu tenho certeza que todas as pessoas que passaram por ali, deixaram muito de sim, e levaram muitos dos outros. Sou muito orgulhosa de fazer parte dessa história. A coisa que eu sei fazer ensinar”.

A primeira instituição de ensino pública de Capinópolis foi Escola Dom Pedro IIº, que esteve em atividade de 1942 a 1953, quando Capinópolis deixou de ser distrito de Ituiutaba.

Em 1953 foi criado o Grupo Escolar, que recebeu o nome de Escola Estadual Governador Juscelino em 1973.

A escola acolhe alunos de toda a cidade, e de todas as classes sociais, promovendo um ambiente plural e com grandes oportunidades.

Como destacou Paulo Freire — “Não é no silêncio que os homens se fazem, mas na palavra, no trabalho, na ação-reflexão”.

Fotos:

Leia também:

Após ação do MPE, Estado libera recursos para reforma da Escola Governador Juscelino em Capinópolis

Assista também:

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis