Opinião: a banalidade do mal não pode continuar

Opinião: A sociedade não pode permitir a banalidade do mal. O novo tronco da escravidão é a fome? É a imposição de pena a quem pensa diferente? A sociedade brasileira tem de agir de forma rápida, impedindo que haja a corrupção completa da dignidade e decência.

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis