Polícia prende homem suspeito de ter ajudado mulher a matar e queimar policial

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

 

Corpo do policial foi carbonizado juntamente com o veículo

UBERLÂNDIA, TRIÂNGULO MINEIRO – Um homem foi preso na manhã de ontem (30) pela Polícia Civil de Uberlândia por suspeita de participação no assassinato do policial Militar Silas Bonifácio da Silva no último domingo (28).

Evani Felix Santana, 45 anos, foi preso na manhã da última Terça (30) sob suspeita de ter auxiliado Kellen Cristina do Carmo Alves no crime, em troca de 1 Mil Reais e sacos de cimento. Evani era amigo do casal há mais de 10 anos.

“Depois do depoimento de Kellen Alves na tarde de ontem (segunda-feira), os investigadores da PC montaram campana na porta da casa dele [Evani Santana] e realizaram a prisão ontem pela manhã”, afirmou o delegado Helder Carneiro.

Kellen Cristina e Evani Felix serão indiciados por  homicídio triplamente qualificado por motivo torpe e também por ocultação de cadáver.

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida