Sem-teto agredido após sexo com mulher de personal está assustado com repercussão

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Morador em situação de rua foi levado ao hospital após ser espancado no DF | Foto: Redes Sociais/Reprodução
Morador em situação de rua foi levado ao hospital após ser espancado no DF | Foto: Redes Sociais/Reprodução

O morador em situação de rua que foi violentamente espancado após ser flagrado fazendo sexo com a esposa de um personal trainer continua internado em um hospital público de Distrito Federal (DF). Apesar de já ter tido alta, ele segue hospitalizado. Com medo de represália, uma vez que o caso tomou grandes proporções, ele teme por represálias. 

Flagrante

 
A intenção dele é continuar no local até que surja vaga em um abrigo público. O homem, de 48 anos, admitiu que está assustado com a repercussão que a ocorrência ganhou em todo o Brasil – virou até meme – e com medo de voltar para as ruas. Informou, ainda, que o Centros de Referência e Assistência Social (Cras) já solicitou uma vaga para ele em uma instituição de acolhimento. Enquanto a vaga não aparece, ele está internado no corredor. As informações são do portal R7. 
 
Para as assistentes sociais do hospital, o sem-teto reafirmou que não abusou sexualmente da mulher, e que também não tinha como recusar o convite para manter relações com ela. Ainda conforme o R7, o morador de rua estava sendo assediado por funcionárias e pacientes do hospital, que tentavam fazer imagens dele. Por isso, a unidade de saúde proibiu fotos com o homem. A mulher também está internada.

Crime contra a honra

Vídeo que circula na internet mostra o personal trainer falando que está preocupado com a saúde da esposa. Eduardo Alves, de 31 anos, pediu que as pessoas parem de compartilhar informações errôneas sobre a mulher. Na gravação, ele diz que internautas estão gerando “conteúdo ofensivo contra a honra” da esposa dele, que sofreu violência sexual do morador de rua. 
 
“Diante disso, vejo que os fatos têm sido transmitidos de maneira errônea, de ambas as partes, sendo que, no momento, a preocupação deveria ser com saúde dela, até porque a mesma encontra-se internada”, fala. 

RESUMO DO CASO 

A ocorrência foi registrada em Planaltina, no Distrito Federal, na última quarta-feira (9). Vídeo de circuito de segurança mostra o personal espancando o morador de rua, de 48 anos, após flagrar o homem fazendo sexo com a esposa no carro.
 
O agressor disse que pensou que a mulher estava sendo estuprada, mas ela informou que o sexo foi consensual. O caso está sendo investigado, dentro outros motivos, porque a família alega que a mulher está enfrentando problemas psicológicos.
 
A esposa está internada em um hospital, o personal prestou depoimento e foi liberado, e o morador de rua foi socorrido até uma unidade de saúde, mas já teve alta. 

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida