Uberlândia: Ministério da Saúde confirma 1ª morte por varíola dos macacos no Brasil

O paciente tinha 41 anos, e era de Uberlândia, entretanto, ele estava internado na capital mineira, Belo Horizonte
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
O primeiro caso fatal da varíola dos macacos é de um paciente de Uberlândia, que morreu em Belo Horizonte
O primeiro caso fatal da varíola dos macacos é de um paciente de Uberlândia, que morreu em Belo Horizonte

Uberlândia, Minas Gerais. A primeira morte confirmada no Brasil, em decorrência da varíola dos macacos, foi registrada em Uberlândia. Segundo o comunicado do Ministério da Saúde, o paciente, 41 anos, tinha comorbidades, e estava com baixa imunidade.

A vítima estava internada no Hospital Eduardo de Menezes, em Belo Horizonte. A morte ocorreu na última quinta-feira (28.jul.22).

Vacina contra a varíola dos macacos

A doença ainda não tem uma vacina específica, mas três vacinas já existentes contra a varíola humana podem ser usadas para proteger contra a varíola dos macacos. Alguns países já estão aplicando uma delas, mas ainda não há previsão de chegada no Brasil.

No sábado (23), a doença foi declarada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como uma “emergência de saúde global”.

A decisão pode levar a um maior investimento no tratamento da doença e avançar na luta por vacinas, que estão em falta. Na prática, o estado de emergência obriga agências sanitárias pelo mundo a aumentar medidas preventivas.

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida